BRINCAR E JOGAR: A IMPORTÂNCIA DA APRENDIZAGEM LÚDICA

Loyana Christian Christian de Lima Tomaz, Rozaine Aparecida Fontes Tomaz

Resumo


A brincadeira e o jogo são processos de relações interindividuais, portanto de cultura. Os  teóricos  pesquisados para este trabalho delimitam o que é legítimo chamar no conjunto dos objetos lúdicos, de brinquedo e de jogo e sua importância para a aprendizagem. Associam valor símbolo e função e destacam que no brinquedo, o valor simbólico é a função, uma atividade livre, ou seja, a brincadeira. No Séc. XIX o brinquedo se tornou uma indústria de imagem a qual remete a uma função social com conteúdo para o desejo. A cultura lúdica vem sendo orientada para a manipulação de objetos, como nos jogos eletrônicos e videogames. A criança de hoje está inserida num contexto social e cultural com comportamentos impregnados por uma imersão inevitável à ordem do capitalismo. Deste modo, destaca-se a importante tarefa da escola, em especial a de educação infantil, resgatar e/ou implementar o lúdico em seu espaço.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.

Comentários sobre o artigo

Visualizar todos os comentários