Librário: recursos imagéticos e a educação no contexto dos surdos

Flávia Neves de Castro, Nadja Maria Mourão, Rita de C. Engler

Resumo


A “Libras” é uma língua que possibilita a comunicação bilateral,com facilidade e rapidez para a interpretação da mente dossurdos, afirmou Long (1910). Existe carência de preparo dasociedade e dos professores para lidar com os surdos. A pesquisaprocura investigar e propor soluções didáticas para suprir asnecessidades educacionais dos surdos e divulgar a “Librás”. Ametodologia utilizada foi de pesquisa-ação, em contato com ouniverso dos surdos. Foi desenvolvido um jogo para incentivar ouso de “Libras” de forma lúdica. O jogo “Librário” é constituídode um baralho de pares de cartas contendo os sinais de Librase as palavras em português, o que possibilita o aprendizadode sinais para ouvintes. Foram realizadas “oficinas do jogo”,viabilizando a comunicação entre os participantes no ensinoformal e não formal. A participação de todos, surdos e ouvintes,estimulou o aprendizado divertidamente, estreitando laços entrea comunidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.