As categorias aristotélicas no relacionamento entre educador e estudantes

Aidalice Ramalho Murta

Resumo


Este texto busca trazer uma reflexão acerca da dialética constitutiva darelação existente entre o educador e sua turma de estudantes. Para tanto, tomapor base as categorias aristotélicas de ethos, pathos, logos e topos, buscandodetalhar a dimensão dialética dessa interação tanto quanto defender aimportância da prática dialógica na sala de aula. Além disso, é objeto deinteresse refletir acerca do jogo de imagens que o educador desenvolve com osseus estudantes, tentando pensar um pouco mais na importância da atuaçãodiscursiva do estudante nas cenas enunciativas que se desenrolam no interior doevento denominado aula. Para finalizar, o texto aponta que cabe tanto aosestudantes, quanto ao educador a responsabilidade da construção recíproca deimagens discursivas que alimentarão o processo interativo e que nortearão,entre outras coisas, a qualidade da aprendizagem.

Palavras-chave


Categorias aristotélicas, discurso pedagógico, aprendizagem, relação educador-educandos.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.24934/eef.v15i20.202

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais