Experiência docente e desafios extremos: aproximações entre experiência de si e tempos de desilusão

André Marcio Picanço Favacho

Resumo


A experiência docente tem sido tratada a partir dos estudos sobre os saberes práticos do professor. Em razão disso, vários desses estudos atestam que os saberes da docência podem ser classificados em saberes de professores novatos, experientes e de aposentados; e, ainda, saberes da formação inicial, da formação continuada, curriculares, pedagógicos, experienciais etc. O presente artigo pretende mostrar algumas lacunas sobre esse debate principalmente em função da exclusão de autores que discutiram a experiência propriamente dita. É por esse motivo que o texto retoma alguns estudos de Benjamim e Foucault sobre o tema a fim de problematizar a noção atual de experiência docente. Porém, mais do que isso, quer convidar os pesquisadores e os professores a pensarem com mais rigor a relação docência e sociedade contemporânea, posto que é nesse contexto que a experiência necessita ser pensada. Afinal, a experiência é um caminho aberto ao desconhecido.

Palavras-chave


Experiência de si; experiência docente; desilusão social; Walter Benjamin; Michel Foucault.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.24934/eef.v13i15.90

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais