Aspectos da aprendizagem de violão fora dos contextos escolares

Fernando Macedo Rodrigues

Resumo


Resumo

 

Este artigo descreve os procedimentos utilizados pelos participantes do projeto Arena da Cultura de 2006, ao começar a tocar os instrumentos violão e guitarra. Nesta pesquisa, utilizamos o método qualitativo, ou naturalístico, bem como técnicas etnográficas de coletas de dados. A proximidade de familiares e/ou pares que já tocavam influenciaram na escolha e no desenvolvimento do aprendizado do instrumento. Como recursos adicionais dessa aprendizagem, ressaltamos a utilização da linguagem de cifras, de fitas de videocassete e do processo de “tirar músicas de ouvido”. Dentre as principais conclusões, destacamos que os entrevistados foram ensinados por pessoas de seu convívio e aprimoraram sua percepção musical, o que proporcionou maior desenvolvimento em sua aprendizagem no violão.

 

Abstract

 

This article describes the procedures used by the participants of the “Arena da Cultura” Project, in 2006, when they begun playing the acoustic and electric guitar. In this research, it was used the qualitative or naturalistic method and etnografic techniques of data collections. The contact with relatives and friends who play guitar had influence over their choice and development of learning. Additional resources of this learning stood out: the use of the language of chords, as well as the use of video-tapes and “catching music by ear”. The main conclusions were that the participants learnt how to play with their relatives and friends and there were an improvement in their musical perception and a development in their guitar learning.

 

Keywords: Informal and non-formal acoustic guitar learning; guitar learning.

Palavras-chave


Aprendizagem de violão; aprendizagem musical não-formal e informal.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.