A SELEÇÃO DE PROJETOS COMO FATOR ESTRATÉGICO DE COMPETITIVIDADE: o caso EPAMIG

Adelaide Maria Coelho Baeta, Aline Borges Márcia Carraro Borges

Resumo


A inovação é vista como um fator de vantagem competitiva e desobrevivência no mercado, levando as empresas a investirem empesquisaeemdesenvolvimento.OprocessodeseleçãodeprojetosdeP&Daconteceemcenárioscomalto grau de incertezas e expectativasde retorno sobre os investimentos, mas, concomitantemente a essesfatores, os resultados dos projetos bem-sucedidos contribuem demaneira muito significativa para o crescimento e desenvolvimentoda organização — gerando conhecimento, vantagem competitiva elucros reais — e da sociedade, que ganha em qualidade de vida eprodutos mais ajustados às suas reais necessidades. Um estudo decaso realizado na EPAMIG (Empresa de Pesquisa Agropecuária deMinas Gerais) comprova que a atividade de seleção de projetos setorna estratégica para a empresa diante da escassez de recursos ede infraestrutura. O objetivo deste estudo foi de conhecer e analisara estrutura de seleção de projetos de P&D e identificar as variáveisque são consideradas como estratégicas na escolha. Constatou-seque: o modelo de seleção de projetos utilizado se encaixa em váriosaspectos da literatura; a capacidade da empresa e o potencial decada proposta definem o portfólio de projetos; existem fragilidadesno processo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.