A POLÍTICA DE CIÊNCIA, TECNOLOGIA E INOVAÇÃO NA FORMAÇÃO DO SISTEMA NACIONAL DE INOVAÇÃO

Adelaide Maria Coelho Baêta, Ivan Beck ckagnazaroff Ckagnazaroff, Flávia Maria Coelho Baêta, Reginaldo de Jesus Carvalho Lima

Resumo


Neste trabalho, buscamos refletir sobre o sistema científico emtransformação e as políticas da ciência Tecnologia e Inovação. Emque medida o conceito de Nova Produção do Conhecimento, criadopor Gibbons et al. (1994), ou MODO 2 (HESSELS; LENTE: 2008), éútil para explicar as mudanças que ocorrem na Política de ciênciae Tecnologia? quais são as principais questões quando estamosinteressados na construção do Sistema Nacional de Inovação?Pode-se constatar, na formulação da política de ciência, Tecnologiae Inovação no Brasil, o esforço de aproximação do setor produtorde ciência (Universidades e Centros de Pesquisa) com o setorempresarial, todavia ainda são incipientes os estímulos à construçãointerativa do conhecimento no contexto de sua aplicação. A tesedefendida aqui é que a ciência estratégica ou MODO 2 pode ser deutilidade para a nossa realidade desde que esteja acompanhada dereferenciais que permitam um enriquecimento em termos analíticos ede capacidade de proposição para as realidades em que se pretendeatuar, neste caso as realidades locais.

Palavras-chave: Políticas da ciência Tecnologia e Inovação. NovaProdução do Conhecimento. Sistema Nacional deInovação.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.