PROJETO COLIBRI – INTERVENÇÃO EM ESPAÇOS URBANOS – VIVER EM COMUNIDADE

Thales Vinícius Vidal Coelho

Resumo


O trabalho em questão faz uma abordagem sobre a demanda de ações sociais, dentre elas a de projetos de incentivo a cultura, lazer e esporte em uma atividade cada vez mais exigida e com pouca maturidade de experiências dos profissionais. É sabido que o berço de uma civilização/comunidade são as crianças, pois dentre elas a busca de novas descobertas e conhecimentos devem ser trabalhadas em todo seu contexto geral, tais como o raciocínio, a vivência e a experiência perante a sociedade.

 Após análises feitas na cidade de João Monlevade, Minas Gerais, e através de questionários realizados em duas escolas públicas, foi observada a necessidade de um projeto que atendesse os primórdios do desenvolvimento de uma criança: a busca do lazer em comunidade e a interação dos mesmos. Para isto, conforme a “lei nº 8.313, de 23 de dezembro de 1991, Art. 1° Fica instituído o Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac), com a finalidade de captar e canalizar recursos para o setor de modo a: III - apoiar, valorizar e difundir o conjunto das manifestações culturais e seus respectivos criadores;” a partir desta análise e com aplicação de testes em salas de aulas, pode-se demonstrar alguns resultados e posturas diferenciadas para criação de novos equipamentos de lazer através de materiais reutilizáveis, promovendo espaços melhores e mais saudáveis, contudo ajudando a conscientização no desenvolvimento do meio ambiente. 


Texto completo:

Sem título PDF PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.