O samba e a Zamba: diálogos e ambiguidades da Zamba de Uma Sola Nota, de Ernesto Méndez

Autores

  • Stanley Levi Nazareno Fernandes Universidade do Estado de Minas Gerais

Palavras-chave:

Análise musical, Ernesto Méndez, Música latino-americana, Violão, Zamba, Musical analysis, Latin American music, Guitar

Resumo

Resumo


Analisa-se a obra Zamba de una sola nota, do compositor Ernesto Méndez (Paraná, Argentina, 1968). A obra é representativa do movimento violonístico contemporâneo do folclore argentino, que até o presente permanece largamente desconhecido no Brasil. Procurou-se adotar, em consonância com os paradigmas musicológicos vigentes, uma abordagem abrangente, que complementasse a consideração estritamente textual da obra com a incorporação de outras fontes, como gravações, performances ao vivo, entrevistas, etc., obtidas e tratadas no contexto de uma investigação de caráter etnográfico (trabalho de campo realizado em 2014). Os dados assim reunidos foram então conjugados a uma análise estrutural completa, baseada na metodologia do prof. Dante Grela, da UNR, que é endógena ao contexto de produção da obra. Os resultados revelaram a ocorrência alternada de aproximações e afastamentos entre o modelo folclórico e a obra, em uma discursividade musical em geral mais sugestiva do que assertiva, e corroboraram a eficácia de alguns métodos musicológicos associados às viradas performáticas.

Abstract

This paper analyses the Zamba de una sola nota, by the composer Ernesto Méndez (Paraná, Argentina, 1968), which is representative of the contemporary guitar movement of the Argentinian, to the present largely unknown outside Argentina. The aim was to embrace a larger view of the work, in consonance with current musicological paradigms, adding to the strict textual consideration of the work the use of other sources of data, like recordings, live performances, interviews, etc., obtained and treated in the context of a research of ethnographical character (fieldwork done in 2014). This data was combined with a structural analysis based on a methodology by prof. Dante Grela, of the UNR, endogenous to the context of production of the work. The results show the alternate occurrences of approximations and deviations between the work and its folkloric model, a discourse generally more suggestive than affirmative, and corroborate the efficacy of some of the musicological methods associated with the performative turns.

Downloads

Publicado

01/03/2019

Edição

Seção

Artigos