Uma breve apreciação do repertório pianístico com referências à religiosidade católica

Autores

  • Fabiola Pinheiro

Palavras-chave:

piano, estudos de repertório, catolicismo, repertoire studies, Catholicism

Resumo

Resumo

Convicções pessoais dos compositores são, muitas vezes, passíveis de ser identificadas em suas obras. Entre elas, certamente, figuram as suas crenças espirituais e/ou religiosas. Sendo o piano um instrumento de extrema importância na música ocidental, cogitou-se investigar, no repertório destinado a esse instrumento, obras com abordagem religiosa cristã/católica. Neste trabalho, é realizado um breve levantamento de repertório pianístico que realiza referências ao universo católico. Faz-se necessário, aqui, apresentar três recortes de compositores ou estéticas distintas que, cada qual a seu modo, contribuíram significativamente, em quantidade e qualidade, para o enriquecimento do repertório pianístico com referências à religiosidade católica: os compositores Franz Liszt (1811-1886) e Olivier Messiaen (1908-1992) e a estética pós-moderna. Espera-se que esta investigação possa contribuir para o aprofundamento e consolidação de pesquisas do repertório pianístico com referências religiosas, em especial, católicas. É nosso intuito que pianistas se sintam mais motivados a incluir em seus programas obras que abracem a temática religiosa católica e compositores contemporâneos sintam se incentivados a criar obras que abordem expressões de religiosidade católica.


Abstract


Composers’ personal convictions are often of prominent implication in their works. Among them, certainly their spiritual and/or religious beliefs. Since the piano is an instrument of extreme importance in Western Music, it has been thought to encompass, in its vast repertoire, works of Christian/ Catholic connotation. In this examination, a brief survey of the piano repertoire that refers to the Catholic universe is made. It has been necessary to present three samples of distinct composers or aesthetics that contribute significantly, in quantity and quality, for the enrichment of the piano repertoire with references to the Catholic religiosity: composers Franz Liszt (1811-1886) and Olivier Messiaen (1908-1992), as well as the post-modern aesthetics. It is expected that this investigation may contribute to deepen and consolidate research of the piano repertoire with religious references, especially Catholic in nature. It is our desire that pianists feel more motivated to include in their programs works that embrace the theme of Catholic religiosity, as well as contemporary composers feel incentivized to create works that approach expressions of Catholic religiosity.

Downloads

Publicado

01/03/2019

Edição

Seção

Artigos