• O léxico nos domínios da Zagaia: análises quantitativas

Gisele Aparecida Ribeiro, Carolina Taciana Pinati, Rosânia Aparecida de Souza Fonseca, Marcelo Santos

Resumo


O presente trabalho tem como objetivo analisar e quantificar o vocabulário rural de algumas comunidades abarcadas pelo Parque Nacional da Serra da Canastra que se situa na região sudoeste do Estado de Minas Gerais, abrangendo os municípios de São Roque de Minas, Delfinópolis, São João Batista do Glória, Vargem Bonita e Passos. Ao pesquisarmos o léxico referente ao falar dessa região, pretendemos entrar no universo cultural, social, econômico, religioso e político dos habitantes dessa região, e perceber nele a forma de interação do homem com o mundo e seus semelhantes através da linguagem. 


Palavras-chave


Léxico, História, Cultura, Linguística, Sudoeste de Minas Gerais, Passos, Parque Nacional da Serra da Canastra

Texto completo:

PDF

Referências


AMARAL, Amadeu. O dialeto caipira: gramática, vocabulário. 4ª ed., São Paulo: Hucitec/Brasília: INL, 1982 (reprod. Facsimil da 2ª ed.; 1ª ed. 1920).

CHOMSKY, N. Aspects of the Theory of Syntax. Cambridge, MA: MIT Press, 1965.

COSERIU, E. Competência linguística. Madrid: Gredos, 1992.

DURANTI, A. Antropologia Linguística. Trad. espanhola: Pedro Tena. Madrid: Cambridge University Press, 2000.

HYMES, D. Language in culture and society. A Reader in Linguistics and Antropology. New York: Harper and Row, 1964.

HYMES, D. On communicative competence. In: PRIDE, J. B.; HOLMES, J. (Ed.). Sociolinguistics. Hardmondsworth, England: Peguin Books, 1972. p.44.

HYMES, D. H. On Communicative Competence. In: BRUMFIT, C. J.; JOHNSON, K. The Communicative Approach to Language Teaching. Oxford: Oxford University Press, 1979. p.40-50.

ISQUERDO, A. N. Vocabulário do seringueiro: campo léxico da seringa. In: ISQUERDO, A. N.; OLIVEIRA, A. M. P. P. de (Org.). As ciências do Léxico: lexicologia, lexicografia e terminologia. Campo Grande: Editora UFMS, 2001, p.91-100.

OLIVEIRA, A.M.P.P. Regionalismos e brasileirismo: a questão da distribuição geográfica. In: ISQUERDO, A.N.; OLIVEIRA, A.M.P.P. de (Org.). As ciências do Léxico: lexicologia, lexicografia e terminologia. Campo Grande: Editora UFMS, 2001. p.109-116.

RIBEIRO, G.A. O vocabulário Rural de Passos/MG: um estudo linguístico nos Sertoões do Jacuhy. 2010. Dissertação (Mestrado em Linguística Teórica e Descritiva) – UFMG – Belo Horizonte – 256 páginas.

SAPIR, E. Linguística como ciência: ensaios. Rio de Janeiro: Acadêmica, 1961.

SEABRA, M.C.T.C. de. A formação e a fixação da língua portuguesa em Minas Gerais: a toponímia da região do Carmo. 2004. Tese (Doutorado em Linguística) – UFMG – Belo Horizonte – 368 páginas.

SOUZA, V.L. de. Nas cacimbas do Rio Pardo: um estudo léxico-cultural. 2014. 622f. Tese (Doutorado em Linguística) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2014.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Ciência ET Praxis

ISSN (edição impressa): 1984-5782   ISSN (edição online): 1983-912X