• Os jogos e brincadeiras na educação infantil

Carolina Taciana Pinati, Mayara Lopes Lima, Mônica Maylla Rosário Santos, Marcelo Santos, Gisele Aparecida Ribeiro, Rosânia Aparecida de Sousa Fonseca

Resumo


A pesquisa em questão discorre sobre os jogos e brincadeiras na Educação Infantil, destacando a história das instituições de Educação Infantil, qual o conceito de brincar e quais os jogos e brincadeiras usadas nessa educação para auxiliar a criança a aprender. É uma pesquisa bibliográfica realizada através dos sites SCIELO e Google Scholar, dos quais foram retirados artigos para sua discussão. O método utilizado é o dedutivo com abordagem qualitativa, sendo a coleta de dados feita através de entrevista. A entrevista foi feita em duas escolas, uma do ensino particular e outra do ensino público, à duas professoras que trabalham com educação infantil. A pesquisa destaca que os jogos e brincadeiras são essenciais e auxiliam no desenvolvimento da criança, ajudando essas a aprender mesmo brincando.


Palavras-chave


Jogos; Brincadeiras; Educação Infantil

Texto completo:

PDF

Referências


ALENCAR, E. S; OLIVEIRA, M. S. História da educação infantil no Brasil: as brincadeiras e os jogos. Perspec Dial: Rev Educ e Soc. v. 4, n. 7, p. 51-63, jan - jun. Naviraí, 2017. Disponível em: . Acesso em 11 ago

ALVES, B. M. F. Infâncias e educação infantil: aspectos históricos, legais e pedagógicos. Revista Aleph Infâncias. v. 5, n. 16, nov. Rio de Janeiro, 2011. Disponível em: . Acesso em 05 set 2017.

AMARAL, J. L. Jogos e brincadeiras na Educação Infantil. Artigo Científico (Curso de Pedagogia) – Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal, 2016.

ARRABA, M. F; FONSECA, J. S; LIMA, J. F; SILVA, K. C; SIMÕES, V. A. P. Jogos e brincadeiras: um espaço para o lúdico na educação infantil. EDUCERE - REVISTA DA EDUCAÇÃO. v. 14, n. 2, p. 259-271, jul./dez. 2014. Disponível em: . Acesso em 12 ago 2017

BARBOSA, R. F. M; MARTINS, R. L. D. R; MELLO, A. S. Brincadeiras lúdico-agressivas: tensões e possibilidades no cotidiano na educação infantil. Movimento Revista de Educação Física da UFRGS. v. 23, n. 1., p. 159-170, jan./mar. Porto Alegre, 2017. Disponível em: . Acesso em 14 ago 2017.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial curricular nacional para a educação infantil. Brasília, 1998.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA - IBGE. Passos - Minas Gerais. 2010. Acesso em 26 out 2017.

LOBO, A. P. Políticas públicas para educação infantil: uma releitura na legislação brasileira. In: VASCONCELLOS, Vera. (org.) Educação da infância: história e política. 2. ed. Niterói: EDUFF, 2011.

MARQUES, M. E. S. Jogos e brincadeiras na educação infantil: o lúdico como ferramenta de estimulação da aprendizagem. 2016. 21f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Pedagogia) – Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Parnamirim, 2016. Disponível em: . Acesso em 12 ago 2017

MORAIS, M. G. G; MORAES, J. C. P. Concepções de docentes de educação física sobre a contribuição dos jogos e brincadeiras no desenvolvimento de crianças na Educação Infantil. Revista FACISA ON-LINE. v. 6, n. 1, p. 109- 122, jan.- jul. Barra do Garças, 2017.

NUNES, M. F. Educação infantil: instituições, funções e propostas. In: CORSINO, Patrícia. (org.) Educação infantil: cotidiano e políticas. Campinas, SP: Autores Associados, 2009.

OLIVEIRA, V. F. N. O brincar na Educação Infantil: favorecendo a aquisição da aprendizagem. 2016. 18f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia a Distância), Centro de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2016. Disponível em: . Acesso em 11 ago 2017

RODRIGUES, A. J. Metodologia científica. 3. ed. rev. e ampl. Aracaju: UNIT, 2010.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 Ciência ET Praxis

ISSN (edição impressa): 1984-5782   ISSN (edição online): 1983-912X