A imagem da velhice como espelho despedaçado

Autores

  • Helder Rodrigues Pereira Universidade Presidente Antônio Carlos

Resumo

Neste artigo, pretende-se apresentar uma discussão sobre a velhice que, não raro, entra em confronto com o ideário do mundo capitalista que prioriza a juventude, a felicidade e o consumo.  Embasamo-nos na teoria psicanalítica para enfatizar o sujeito na velhice e abranger as problemáticas vivenciadas por esta população. Se o corpo, com o passar dos anos, envelhece, a alma não envelhece, ou seja, o sujeito do inconsciente desconhece a categoria mental do tempo. Para que o idoso não perca seu papel dentro da sociedade e viva com satisfação, é indispensável que ele seja tratado como homem de direitos e deveres. Cada idoso é capaz de construir sua própria velhice em seu jeito singular.

Downloads

Publicado

20/04/2020