Zonação em diferentes profundidades da macrofauna de solos em um fragmento de mata

Autores

  • Camila Hipólito Bernardo Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”- UNESP
  • Paula Chiachia Pasta Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia, Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”- UNESP

DOI:

https://doi.org/10.36704/cipraxis.v15i30.2242

Palavras-chave:

Fragmentação. Efeito de Borda. Mata Estacional Semidecidual

Resumo

Introdução: O efeito de borda é causado pela fragmentação das florestas, tal fato é conhecido por causar a redução na diversidade e também na densidade de espécies animal e vegetal.

Objetivo: Avaliar a distribuição em diferentes profundidades da macrofauna de solo de um fragmento florestal de mata estacional semidecidual, localizados entre os municípios de Ourinhos e Canitar-SP no ano de 2012.

Métodos: Foram avaliados seis pontos na borda da mata, retirando amostras da serapilheira, e nas profundidades de 0 a 10 cm, 10 a 20 cm e 20 a 30 cm. Temperatura ambiente, temperatura do solo, umidade do ar, foram registrados dentro e fora da mata. Uma Análise de Correspondência (CA) foi realizada entre as ordens e as profundidades.

Resultados: A macrofauna observada nas amostras foi composta por Hymenoptera, Lepidoptera, Coleoptera, Araneida, Chilopoda, Isopoda, Haplotaxida, Diplopoda, Pulmonata e Diptera.

Conclusão: As maiores abundâncias e riqueza foram encontradas na região entre 0 e 10 cm, promovido, provavelmente, pela interferência ambiental, uma vez que as coletas foram realizadas em um período de seca e na borda da mata, sob intensa exposição à radiação solar.

Referências

BIERREGAARD, R.O.; LOVEJOY, T.E.; KAPOS, V.; DOS SANTOS, A.A. & HUTCHINGS, R.W. The biological dynamics of tropical rainforest fragments. Bio science, Washington, New York v.42, p. 859-866, 1992.

BROWN, G.G. How do earthworms affect microfloral and faunal community diversity? Plant and Soil, v.170, p.209-231, 1995.

CATHARINO, E. L. M. Florística de matas ciliares. In: Simpósio sobre Mata Ciliar. Campinas: Fundação Cargill, p.61-70, 1989.

CORREA, M. E. F. Relação entre a diversidade da fauna de solo e o processo de decomposição e seus reflexos sobre a estabilidade dos ecossistemas. Rio de Janeiro: EMBRAPA. 2002, 33 p.

COSTA-NETO, B. D. Fragmentação das florestas. Disponível em http://www.artigonal. com/meio-ambiente-artigos/fragmentacao-das-florestas-603201.html (acessado em 17/09/2012, as 21H:32min).

DECÄENS, T.; LAVELLE, P.; JIMÉNEZ, J.J.; ESCOBAR, G.; RIPPSTEIN, G.; SCHNEIDMADL, J.; SANZ, J.I.; HOYOS, P.; THOMAS, R.J. Impacto del uso de la tierra en la macrofauna del suelo de los Llanos Orientales de Colombia. In: JIMÉNEZ, J.J.; THOMAS, R.J. (Ed.). El arado natural: las comunidades de macroinvertebrados del suelo en las savanas neotropicales de Colombia. Cali, Colombia: Centro Internacional de Agricultura Tropical, 2003. p.21-45. (Publicación CIAT, 336).

KAPOS, V. Effects of isolation on the water status of Forest patches in the Brazilian Amazon. Journal of Tropical Ecology, New York: v. 5, p. 173-185, 1989.

LAVELLE, P.; SPAIN, A.V. Soil ecology. Dordrecht: Kluwer Academic Pub., 2001. 654p.

RODRIGUES, E. Edge effects on the regeneration of forest fragments in south Brazil. Cambridge 1998. 172f. Tese - Harvard University.

SCARAMBONE, A. Z. Fragmentação da Mata Atlâtica: aspectos teóricos. Rio deJaneiro: Floresta e Ambiente DCA- IF UFRRJ,Vol. 5, p. 160-170 1998.

SOULÉ, M. E. ed. 1986. Conservation biology: the science of scarcity and diversity. Sinauer, Sunderland.

WOLTERS, V. Invertebrate control of soil organic matter stability. Biology and Fertility of Soils, v.31, p.1-19, 2000.

Downloads

Publicado

2022-11-26

Como Citar

Bernardo, C. H., & Pasta, P. C. (2022). Zonação em diferentes profundidades da macrofauna de solos em um fragmento de mata. Ciência ET Praxis, 15(30), 7–15. https://doi.org/10.36704/cipraxis.v15i30.2242

Edição

Seção

ARTIGOS - CIÊNCIAS BIOLÓGICAS