Estresse percebido, transtornos psíquicos menores e sintomas osteomusculares em trabalhadores de uma cooperativa de crédito.

Autores

  • Patricia Aparecida Tavares UFSJ
  • Izabela Braga Teixeira
  • Dabney Ingrid Carvalho Dornelas
  • Viviane Gontijo Augusto

Palavras-chave:

Queixas osteomusculares, estresse percebido, transtornos psíquicos menores.

Resumo

Resumo: Introdução: O estudo demonstrou que a relação entre os aspectos psicossociais do trabalho e os sintomas osteomusculares estão presentes em várias profissões. Objetivo: Objetivo foi testar associação entre estresse percebido, transtornos psíquicos menores e queixas osteomusculares em trabalhadores de uma cooperativa de crédito de Cláudio-MG. Materiais e Métodos: Participaram do estudo 38 trabalhadores, que foram avaliados pelos questionários: Nórdico de Sintomas Osteomusculares, Self Report Questionnaire –SRQ20, Escala de Estresse Percebido. O teste não paramétrico de qui-quadrado foi utilizado para verificar associação entre dor osteomuscular, estresse percebido e transtorno psíquico menor. O teste de correlação de Pearson  foi utilizado para as variáveis contínuas: idade, escore geral de estresse e do SRQ20. Os dados foram analisados pelo programa SPSS®, versão 13.  Resultado: A prevalência das queixas osteomusculares foi alta e 92,1% dos trabalhadores queixaram-se de dor em alguma região corporal. Região do pescoço (57,9%) foi o mais frequente das queixas e a menos frequente foi tornozelo com (7,9%). A análise dos itens do SRQ20 mostrou que 68,4% dos trabalhadores sentem-se nervosos, tensos ou preocupados e 50,0% tem dificuldade de realizar as tarefas do dia com satisfação. Não houve correlação entre idade e transtornos psiquiátricos menores (r= -0,18, p= 0,13), e  entre idade e estresse percebido (r= 0,91, p = 0,40). Conclusão: Este estudo mostrou alta prevalência de queixa de dor musculoesquelética e uma prevalência moderada de trabalhadores com risco de transtornos psíquicos menores. Porém, não houve associação entre estas duas variáveis.

Referências

Assunção, Ana da Ávila, ABREU, Mery Natali Silva Abreu. Fatores associados a distúrbios osteomusculares relacionados ao trabalho autorreferidos em adultos brasileiros. Revista Saúde Pública. 2017. 51 Supl 1:10s.Disponível em: <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034-89102017000200301&script=sci_abstract&tlng=pt>

Branco, Jerônimo Costa et al. Prevalência de sintomas osteomusculares em professores de escolas públicas e privadas do ensino fundamental. Fisioterapia. Movimento., Curitiba, v. 24, n. 2, p. 307-314, abr./jun. 2011. Disponível em:< http://www.scielo.br/pdf/fm/v24n2/a12v24n2.pdf>

Dahmer, Alana Patrícia Duarte. Doenças ocupacionais: um estudo com trabalhadores bancários do município de Crissiumal-RS. 2015. Disponível em:< (http://bibliodigital.unijui.edu.br:8080/xmlui/handle/123456789/2865) >

Dos Anjos Silveira, Adaiane Olímpio; DIAS, Ernandes Gonçalves. Sintomas de distúrbios osteomusculares em bancários da cidade de Porteirinha-MG. Journal of Biology & Pharmacy and Agricultural Management, v. 10, n. 1, 2014. Disponível em:< http://revista.uepb.edu.br/index.php/biofarm/article/view/2390>

Franco, Tânia; Druck, Graça; Seligmann-Silva, Edith. As novas relações de trabalho, o desgaste mental do trabalhador e os transtornos mentais no trabalho precarizado. Revista Brasileira de Saúde Ocupacional, v. 35, n. 122, 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0303-76572010000200006>

Gavin RS, Reisdorfer E, Gherardi-Donato EC da S, Reis LN dos, Zanetti ACG. Associação entre depressão, estresse, ansiedade e uso de álcool entre servidores públicos. SMAD Rev Eletrônica Saúde Ment Álcool e Drog (Edição em Port [Internet]. 2015;11(1):2. Disponível em:< http://www.revistas.usp.br/smad/article/view/98745>

Gomes, Sandra Monteiro. Sofrimento mental e satisfação no trabalho em professores de unidades prisionais em Porto Velho.. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde)-Universidade de Brasília, Brasília, 2009. Disponível em:<https://repositorio.unb.br/handle/10482/4447>

Gonçalves, Daniel Maffasioli; STEIN, Airton Tetelbon; KAPCZINSKI, Flavio. Avaliação de desempenho do Self-Reporting Questionnaire como instrumento de rastreamento psiquiátrico: um estudo comparativo com o Structured Clinical Interview for DSM-IV-TR. Cadernos Saúde Pública, Rio de Janeiro, 24(2):380-390, fev, 2008. Disponível em:<http://www.scielo.br/scielo.php?pid=s0102-311x2008000200017&script=sci_abstract&tlng=pt>

Hazlett-Stevens H. Mindfulness-based stress reduction for comorbid anxiety and depression: case report and clinical considerations. J Nerv Ment Dis [Internet]. 2012;200(11):999–1003.Disponível em:< https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23124187 >

Luft, Caroline Di Bernardi et al. Versão brasileira da Escala de Estresse Percebido: tradução e validação para idosos. Saúde Pública 2007;41(4):606-15. Disponível em:< http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-89102007000400015>

Mango, Maria Silva Martins et al. Análise dos sintomas osteomusculares de professores do ensino fundamental em Matinhos (PR). Fisioterapia Movimento, Curitiba, v. 25, n. 4, p. 785-794, out./dez. 2012. Disponível em:< http://www.scielo.br/pdf/fm/v25n4/a11v25n4.pdf>

Mergener, Cristian Robert; Kerhig, Ruth Terezinha; Traebert, Jefferson. Sintomatologia músculo-esquelética relacionada ao trabalho e sua relação com qualidade de vida em bancários do Meio Oeste Catarinense. Saúde e Sociedade, v. 17, p. 171-181, 2008. Disponível em:< http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-12902008000400017&script=sci_abstract&tlng=pt>

Moraes, Paulo Wenderson Teixeira; Bastos, Antônio Virgílio Bittencourt. As LER/DORT e os fatores psicossociais. Arquivos Brasileiros de Psicologia, Rio de Janeiro, v. 20, n. 2, p.2-20, jan. 2013. Disponível em: <http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1809-52672013000100002>

Moraes, Paulo Wenderson Teixeira; Bastos, Antônio Virgílio Bittencourt. Os Sintomas de LER/DORT: um estudo comparativo entre bancários com e sem diagnóstico. Psicologia: Ciência e Profissão, [s.l.], v. 37, n. 3, p.624-637, set. 2017. Disponível em:< http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1414-98932017000300624&lng=pt&nrm=iso>

Nunes, Edilaine Alves; Mascarenhas, Claudio Henrique Meira. Qualidade de vida e fatores associados em trabalhadores do setor bancário. Rev. bras. med. trab., 14(3): 227-236, set.-dez. 2016. Disponível em:< http://docs.bvsalud.org/biblioref/2016/12/827293/rbmt-v14n3_227-236.pdf>

Oliveira, Ricardo Araújo, Souza, Sueli Tavares de Melo.Lesões por esforços repetitivos / distúrbios osteomusculares relacionados à atividade bancária. Sistemas & Gestão 10 (2015), pp 124-132. Disponível em:< http://www.revistasg.uff.br/index.php/sg/article/view/V10N1A10>

Pinheiro, Fernanda Amaral; Tróccolia, Bartholomeu Torres; Carvalho Cláudio Viveiros. Validação do Questionário Nórdico de Sintomas Osteomusculares como medida de morbidade. Revista Saúde Púablica 2002;36(3):307-12 Disponível em:< http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034-89102002000300008&script=sci_abstract&tlng=pt>

Santos Júnior, Adalberto Vital dos; Mendes, Ana Magnólia; ARAUJO, Luciane Kozicz Reis. Experiência em clínica do trabalho com bancários adoecidos por Ler/Dort. Psicologia: ciência e profissão, v. 29, n. 3, p. 614-625, 2009. Disponível em:< http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-98932009000300014&script=sci_abstract&tlng=pt>

Santos, Heloisa Ehmke Cardoso; Marzialee, Maria Helena Palucci; Felli, Vanda Elisa Andress. Presenteísmo e sintomas musculoesqueléticos entre trabalhadores de enfermagem. Revista Latino-AM. Enfermagem, 2018;26: e3006. Disponível em:< http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-11692018000100308&script=sci_arttext&tlng=pt>

Scopel, Juliana; Oliveira, Paulo Antônio Barros; Wermeister, Fernando César. LER/DORT na terceira década da reestruturação bancária: novos fatores associados. Revista de Saúde Pública, v. 46, p. 875-885, 2012. Disponível em:< http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034-89102012000500015&script=sci_abstract&tlng=pt>

Vitta, Alberto et al. Prevalência e fatores associados à dor musculoesquelética em profissionais de atividades sedentárias. Fisioterapia Movimento., Curitiba, v. 25, n. 2, p. 273-280, abr./jun. 2012. Disponível em:< http://www.scielo.br/pdf/fm/v25n2/v25n2a04.pdf>

Zavarizzi, Camilla, Alencar Maria do Carmo Baracho.Aspectos relacionados ao afastamento de bancários por LER/DORT. CadernosTerapia. Ocupacional. UFSCar, São Carlos, v. 22, n. 3, p. 487-496, 2014. Disponível em:

Downloads

Publicado

21/08/2020

Como Citar

Tavares, P. A., Teixeira, I. B., Dornelas, D. I. C., & Augusto, V. G. (2020). Estresse percebido, transtornos psíquicos menores e sintomas osteomusculares em trabalhadores de uma cooperativa de crédito. Ciência ET Praxis, 13(25), 57–66. Recuperado de https://revista.uemg.br/index.php/praxys/article/view/4564

Edição

Seção

Artigos