JUVENTUDES E POLÍTICAS PÚBLICAS

Autores

  • Luiz Everson da Silva Universidade Federal do Paraná
  • Adriana Lucinda de Oliveira Universidade Federal do Paraná

Palavras-chave:

Juventudes, Educação, Trabalho, Políticas Públicas

Resumo

O presente artigo aborda as iniciativas de políticas públicas direcionadas à juventude na correlação com as políticas de trabalho e educação superior para essa mesma população no Brasil. Apesar dos avanços no desenho das políticas e na legislação, a condição de vulnerabilidade dos jovens permanece expressa nas dificuldades de inserção profissional juvenil, na orientação mercadológica na Educação Superior, na frágil rede de apoio, na permanência da centralidade do trabalho como fonte de subsistência e identidade. Esse cenário foi mudando nos últimos dois anos frente ao cenário político e a retração da economia. A análise aponta para a necessidade de políticas intersetoriais e para a ênfase no aparato para o prolongamento dos estudos das “juventudes”, como uma estratégia de enfrentamento ao período de crise econômica.

Biografia do Autor

Luiz Everson da Silva, Universidade Federal do Paraná

Professor do quadro permanente do Programa de pós-graduação em desenvolvimento territorial sustentável da UFPR.

Doutor em Quimica e Professor da UFPR.

Adriana Lucinda de Oliveira, Universidade Federal do Paraná

Professor do Curso de Serviço Social da UFPR. Doutora em Políticas Públicas e Pesquisadora da Temática Juventude, egressos e ensino superior

Downloads

Publicado

28/09/2020

Como Citar

da Silva, L. E., & de Oliveira, A. L. (2020). JUVENTUDES E POLÍTICAS PÚBLICAS. Perspectivas Em Políticas Públicas, 13(26), 201–227. Recuperado de https://revista.uemg.br/index.php/revistappp/article/view/1600

Edição

Seção

Artigos