POLÍTICAS PÚBLICAS: DOS CONCEITOS À SUA IMPOSSIBILIDADE NA GRAMÁTICA DO CAPITAL

Autores

  • Guilherme Howes Neto UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA

Palavras-chave:

Políticas Públicas, capitalismo, interseccionalidade

Resumo

A construção desse texto se dá no sentido de conceituar e discutir o conceito de “política pública”, já que esta é uma categoria central na crítica mesma de que uma Política Pública não é possível dentro da gramática do capital. Primeiro, se faz uma revisão teórica do próprio conceito de Política Pública. Em um segundo momento, depois de conceituadas e analisadas as políticas públicas, passa-se a analisar, de conjunto, as cartas constitucionais e códigos legais como sendo políticas públicas, no sentido de compreender suas relações com os tempos e contextos dos quais emergiram. Por fim, elabora-se a compreensão da impossibilidade do caráter público das políticas públicas, em uma sociedade onde os meios de produção estão sob o controle privado. Nestas condições, dentro da gramática social capitalista jamais uma política realizará seu caráter efetivamente público

Biografia do Autor

Guilherme Howes Neto, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA

PROFESSOR DE TEORIA SOCIAL DA UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA

CIENTISTA SOCIAL, DOUTOR EM EDUCAÇÃO PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA

Downloads

Publicado

28/09/2020

Como Citar

Howes Neto, G. (2020). POLÍTICAS PÚBLICAS: DOS CONCEITOS À SUA IMPOSSIBILIDADE NA GRAMÁTICA DO CAPITAL. Perspectivas Em Políticas Públicas, 13(26), 293–319. Recuperado de https://revista.uemg.br/index.php/revistappp/article/view/3470

Edição

Seção

Artigos