PLACAS COM A NOTA DO IDEB NA FACHADA DAS ESCOLAS EM MINAS GERAIS: OS ESCORES DE RENDIMENTO ANTE A COMPLEXIDADE DA REALIDADE ESCOLAR

Abelardo Bento Araújo

Resumo


Este texto é um recorte de uma tese de doutorado que analisou o monitoramento da qualidade da educação em Minas Gerais. A pesquisa qualitativa contou com entrevistas de 15 profissionais da educação e observação direta em uma escola pública da rede estadual de Minas Gerais, em Belo Horizonte. Diferentemente da tese, em que se apresentam os sujeitos e o ambiente da pesquisa e se realiza a análise dos dados em conjunto, neste texto apresentam-se recortes das falas desses sujeitos, com o propósito de discutir a afixação das placas com as notas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) na fachada das escolas. Emergem como questões para as políticas educacionais a desconfiança dos professores em relação à sintetização da realidade escolar em um único índice exibido à comunidade externa de forma descontextualizada.


Palavras-chave


Qualidade da educação. Avaliação em larga escala. Escores de rendimento.

Texto completo:

PDF

Referências


ALAVARSE, Ocimar Munhoz. Avaliação escolar: características e tensões. Cadernos de Educação, Brasília, n. 26, p. 41-56, jan./jun. 2014.

ALUNOS denunciam fraude no Saresp em escola de Osasco. O Estado de S. Paulo, São Paulo, 13 jan. 2015. Disponível em: http://educacao.estadao.com.br/noticias/geral,alunos-denunciam-fraude-no-saresp-em-escola-de-osasco,1619218. Acesso em: 16 abr. 2015.

ARANHA, Ana. O professor passou cola. Revista Época, São Paulo, 19 nov. 2009.

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70; Persona, 1979.

BONDIOLI, Anna. O projeto pedagógico da creche: a qualidade negociada. Campinas: Autores Associados, 2013.

BRAVERMAN, Harry. Trabalho e capital monopolista: a degradação do trabalho no século XX. 33. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1987.

CHAUÍ, Marilena. Cultura e democracia: o discurso competente e outras falas. 12. ed. São Paulo: Cortez, 2007.

ESCOLAS estaduais são suspeitas de expulsar alunos para melhorar Ideb. G1 – portal de notícias da Globo.com, Rio de Janeiro, 25 ago. 2013.

FREITAS, Luiz Carlos de. Qualidade negociada: avaliação e contrarregulação na escola pública. Educação e Sociedade, Campinas, vol. 26, n. 92, p. 911-933, Especial. Out. 2005.

FREITAS, Luiz Carlos de. Eliminação adiada: o ocaso das classes populares no interior da escola e a ocultação da (má) qualidade do ensino. Educação e Sociedade, Campinas, v. 28, n. 100, p. 965-987, Out. 2007.

OLIVEIRA, Romualdo Portela de (Coord.). Análise das desigualdades intraescolares no Brasil. São Paulo: Fundação Victor Civita, 2013. (Relatório de Pesquisa.)

OLIVEIRA, Romualdo Portela de; ARAUJO, Gilda Cardoso de. Qualidade do ensino: uma nova dimensão da luta pelo direito à educação. Revista Brasileira de Educação, n. 28, p. 5-23., jan./abr. 2005. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbedu/n28/a02n28.pdf. Acesso em: 18 jun. 2019.

PROFESSORES protestam contra investigação do Ideb em Foz do Iguaçu. G1 – Portal de notícias da Globo.com, Rio de Janeiro, 7 mar. 2013.

RAVITCH, Diane. Vida e morte do grande sistema educacional americano: como testes padronizados e modelo de mercado ameaçam a educação. Porto Alegre: Sulina, 2011.

SANTOS GUERRA, Miguel Ángel. Uma flecha no alvo: a avaliação como aprendizagem. São Paulo: Loyola, 2007.

STAKE, Robert. Investigación com estudio de casos. 4. ed. Madrid: Morata, 2007.

VELOSO, Fernando et al. (Org.). Educação básica no Brasil: construindo o país do futuro. Rio de Janeiro: Elsevier, 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.24934/eef.v22i38.3289

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 Abelardo Bento Araújo