Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original, inédita e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em “Comentários ao editor”.
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Wordversão 6.0 ou superior, com extensão (.doc) ou (.docx). 

    Baixe neste link o modelo de artigo formatado com todas as especificações.

  • O texto está em espaçamento 1,5; usa-se fonte de 12 pontos; emprega-se itálico ao invés de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento, na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e os requisitos bibliográficos descritos em “Diretrizes para Autores”, na página “Sobre a Revista”.
  • Foi realizado o preenchimento de todos os metadados solicitados, incluindo resumo da biografia de TODOS os autores do trabalho e o link para o currículo lattes no campo URL.
  • No caso de ser estudante de Mestrado ou de Doutorado, dever-se-á preencher todos os dados do orientador, figurando-o como co-autor.
  • Inserir todos os autores do artigo, lembrando-se de que a ordem de inserção corresponderá à ordem de autoria no artigo.
  • A originalidade  do trabalho está garantida, podendo, em caso de plágio, o(a) autor(a) responsável pela submissão responder judicialmente sob a acusação de Crime de Violação aos Direitos Autorais, segundo art. 184 – Código Penal.

Diretrizes para Autores

O periódico Mediação é uma publicação semestral que submete à avaliação e publicação online de artigos e ensaios sobre temas relacionados a Educação e Humanidades 


SUBMISSÃO

 

1 A Comissão Editorial apreciará e avaliará os relatos recebidos tendo em vista os seguintes aspectos:

 

1.1 Maturidade da proposta: relevância social e teórica do tema escolhido, pertinência da questão, atualidade e originalidade.

 

1.2 Conhecimento do tema: especificidade e adequação da bibliografia, análise correta da documentação pertinente e capacidade de síntese.

 

1.3 Metodologia: delimitação correta e clara da ação, pertinência do método adotado aos objetivos formulados, descrição precisa de procedimentos, técnicas e resultados, exposição lógica e estruturada conforme as normas técnicas, coerência entre o conjunto, as partes e a exatidão nas referências às fontes.

 

1.4 Redação objetiva e clara, sem jargões, regionalismos, repetições, ecos, cacófagos, frases longas, orações intercaladas, evitando abuso de adjetivos e advérbios, acessível ao público médio, em consonância com as normas ortográficas sintáticas e semânticas da língua portuguesa e com as normas técnicas da ABNT.

 

2 Todo trabalho deverá ter a seguinte estrutura e ordem:

 

  • Título
  • Nome completo do autor (ou autores), acompanhado(s) de sua profissão e seu(s) respectivo(s) título(s).
  • Instituição de ensino na qual os autores são vinculados.
  • Endereço do autor para correspondências.
  • Resumo do trabalho em português, sem exceder o limite de 200 palavras.
  • Palavras-chave (três a cinco).
  • Texto: Introdução, Metodologia, Resultados e/ou Discussão.
  • Conclusão.
  • Referências.

 

2.1 Introdução: deve conter revisão de literatura atualizada e pertinente ao tema, adequada à apresentação do problema, e que destaque a sua relevância. Não deve ser extensa, a não ser em trabalhos como Artigo de Revisão.

 

2.2 Metodologia: deve conter descrição clara e sucinta, acompanhada da correspondente citação bibliográfica, incluindo: procedimentos adotados, universo e amostra, instrumentos de medida e tratamento estatístico.

 

2.3 Resultados: devem ser apresentados em tabelas e figuras, elaboradas de forma a serem auto-explicativas e com análise estatística. Evitar repetir dados no texto. Tabelas, quadros e figuras devem ser limitados a oito no conjunto e numerados consecutiva e independentemente com algarismos arábicos. A cada um se deve atribuir um título breve pontuado com ponto final. As tabelas terão as bordas laterais abertas. O autor responsabiliza-se pela qualidade das figuras (desenhos, ilustrações e gráficos), que devem permitir redução sem perda de definição, para os tamanhos de uma das duas colunas (7 e 15 cm, respectivamente).

 

2.4 Discussão: deve explorar, adequada e objetivamente, os resultados discutidos à luz de outras observações já registradas na literatura.

 

2.5 Conclusões: apresentar as conclusões relevantes, considerando os objetivos do trabalho e indicar formas de continuidade do estudo. Se incluídas na seção Discussão, não devem ser repetidas.

 

2.6 Referências de acordo com a NBR 6023 em vigência.

 

3 Envio e formatação

 

3.1 Os trabalhos deverão ser enviados para o Editorial desta revista por meio do endereço http://revista.uemg.br/index.php/mediacao/login, preparados em espaço simples (resumo) e 1,5 (corpo do texto), sem personalização de estilo, com fonte Times New Roman tamanho 12, respeitando as margens 1,30 (superior e inferior), 3,0 (esquerda) e 2,0 (direita), paginação sequencial em algarismos arábicos e limite máximo de 15 páginas para Artigo Original ou de Revisão e 10 para Comunicações.

 

3.2 O texto deve ser processado em software apropriado e enviado no formato de Word 6.0 ou superior (.doc), o qual será convertido em Portable Document Format (.pdf), e acrescido de cabeçalho e rodapé específicos do volume da revista a ser publicada.

 

3.3 A primeira página deverá conter o título do trabalho; os nomes dos autores e a instituição a que são vinculados; endereço da instituição (cidade, estado, país); endereço eletrônico para correspondência de cada autor, além do resumo na língua portuguesa e as palavras-chave.

 

3.4 Ilustrações

As tabelas, quadros e gráficos devem ser inseridos no texto com títulos e legendas, em conformidade com as normas da ABNT. As figuras devem ter seu lugar indicado no texto e serem enviadas também em anexos separados, em formato de arquivo JPG, cor cinza, 300 dpi. Devem ser nomeadas FIG. 1, FIG. 2, sucessivamente, podendo ainda ter um título sugestivo do seu conteúdo, e sempre com a indicação das fontes.


3.5 Citações

As citações no texto devem utilizar o sistema autor-data e seguir as normas da ABNT mais atuais.

Em citações diretas ou literais, o nome do autor, fora dos parênteses, tem apenas a inicial maiúscula; dentro dos parênteses, todas as letras em maiúsculas (AUTOR, data, página). Para citações até três linhas, usam-se aspas, sem itálico. Citações com mais de três linhas são recuadas 4 cm da margem esquerda, fonte tamanho 10, espaçamento simples, sem aspas e sem itálico.

Em citações indiretas, se o nome do autor estiver inserido no texto, usa-se apenas a inicial maiúscula, com a data entre parênteses. Caso o nome do autor venha entre parênteses, deve-se colocar todas as letras em maiúsculas e a data, sem a necessidade de se colocar a página.

Ex.: Na perspectiva de Arendt (1997), que a educação assuma seu caráter conservador é fundamental para que o mundo não se torne mortal como os mortais, para que o mundo continue e se renove a cada nova geração.

Ou: Que a educação assuma seu caráter conservador é fundamental para que o mundo não se torne mortal como os mortais, para que o mundo continue e se renove a cada nova geração (ARENDT, 1997).

O formato de citação indireta vale também para o caso de depoimentos ou entrevistas.

Em citação de citação, emprega-se a expressão latina apud (junto a), ou o equivalente em português, “citado por”, para identificar a fonte secundária que foi efetivamente consultada. A referência da obra citada deve vir em nota de rodapé ou como parte da referência no final do texto. Por exemplo, no texto:

Um modelo de liderança bastante estudado e utilizado na década de 1960 foi o Grid Gerencial (BLAKE; MOUTON1, 1972 apud RONCHI, 2007).

Em nota de rodapé:

1 BLKE, R. R.; MOUTON, J. S. A estruturação de uma empresa dinâmica através do desenvolvimento organizacional do tipo Grid. São Paulo: Edgard Blücher, 1972.

 

Citações de diversos documentos de um mesmo autor e data devem se diferenciar pelo acréscimo de letras minúsculas, em ordem alfabética, após a data. Essas letras devem constar também nas referências.

Ex:

Vygotsky (1998a) ou (VYGOTSKY, 1998a, p. 55)

Vygotsky (1998b) ou (VYGOTSKY 1998b, p. 37)

 

3.6 Referências

As referências bibliográficas devem seguir as normas mais recentes da ABNT.

(NBR 6.023) e devem ser listadas no final do artigo, alinhadas somente à margem esquerda, identificando-se individualmente cada documento em espaço simples, separado um do outro por dois espaços simples.

 

3.6.1 Livros

VASQUEZ, A. S. Filosofia da práxis. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.

SAVIANI, D. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 3. ed. São Paulo: Cortez/Autores Associados, 1992.

 

3.6.2 Capítulos de livros

- Capítulo e livro com mesmo autor:

CANDAU, V. M. Cotidiano escolar e cultura(s): encontros e desencontros. In: ______. (Org.). Reinventar a escola. Petrópolis: Vozes, 2000. p. 61-78.

- Capítulo e livro com autores diferentes:

EVANGELISTA, O. A formação universitária do professor: o debate dos anos 1920 e a experiência paulista dos anos 1930. In: MORAES, M. C. M. de (Org.). Iluminismo às avessas: produção de conhecimento e políticas de informação docente. Rio de Janeiro: DP&A, 2003. p. 21- 43.

- Autor entidade

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023 – Informação e documentação: referências: elaboração. Rio de Janeiro, 2002. 24p.

CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. Conselho Pleno. Resolução CNE/CP n. 1 de 15 de maio de 2006. Institui diretrizes curriculares nacionais para o curso de graduação em pedagogia. Disponível em: <http://www.mec.gov.br>. Acesso em: 10 jul. 2010.

- Mais de um autor (separados por ponto e vírgula)

BERGÉ, P.; POMEAU, Y.; DUBOIS-GANCE, M. Dos ritmos ao caos. São Paulo: Editora Unesp, 1996. 301p.

- Mais de três autores

GAUTHIER, C. et al. Por uma teoria da pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre saber docente. Tradução de Francisco Pereira. Ijuí: Ed Unijuí, 1998. 480p.

- Séries e coleções

MIGLIORI, R. Paradigmas e educação. São Paulo: Aquariana, 1993. 20p. (Visão do futuro, v. 1)

- Livro eletrônico

ROSÁRIO, A. B.; KYRILLOS NETO, F.; MOREIRA, J. DE O. (Orgs.). Faces da violência na contemporaneidade: sociedade e clínica. Barbacena: EdUEMG, 2011. Disponível em: <http://intranet.uemg.br/comunicacao/arquivos/PubLocal172P20120518123259.pdf>. Acesso em: 2 out. 2011.

 

3.6.3 Artigo de periódico

SAVIANI. D. O espaço acadêmico da pedagogia no Brasil: perspectivas históricas. Paideia – Cadernos de Psicologia em Educação, São Paulo, v. 14, n. 28, p. 113-124, mai./ago. 2004.

 

3.6.4 Teses, dissertações e monografias

ALMEIDA, L. C. Curso de pedagogia na Unicamp: marcas de formação. 2008. 199 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008.

 

3.6.5 Trabalhos apresentados em congressos

FRANCO, M. A. S. Saberes pedagógicos e prática docente. In: ENDIPE: EDUCAÇÃO FORMAL E NÃO FORMAL, PROCESSOS FORMATIVOS E SABERES PEDAGÓGICOS, 13, 2006, Recife. Anais... Recife: Edições Bagaço, 2006. v. 1, p. 27-50.

 

 

SOBRE A POLÍTICA DE PRIVACIDADE

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou para terceiros.

Artigos

Política padrão de seção

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.