Sobre a Revista

Serviço Social em Debate é uma publicação do curso de Serviço Social da UEMG Carangola que propõe divulgar o debate sobre a formação profissional e a produção de conhecimento em Serviço Social nas suas interfaces com outras áreas de conhecimento.

Revista de natureza acadêmica, possui caráter interdisciplinar e propõe-se a publicar pesquisas, artigos e discussões nos eixos Política social, Estado e Sociedade e suas diversas interações. Também abre espaços a outros trabalhos de relevância para a temática, segundo as Políticas de Seção.

A missão da revista é ser um periódico de excelência na área de Serviço Social por meio da publicação de pesquisas, artigos e discussões nos eixos Política social, Estado e Sociedade e suas diversas interações.

 ISSN: 2596-3155

 

Editora Gerente: Profª. Paloma Rezende Oliveira
 
Editores Assistentes: Prof. Warllon de Souza Barcellos e Profª. Adriana Alice Gomes Barros

Secretária: Ariane Campos Moreira Coelho

Notícias

Submissões de artigos para os próximos números da revista Serviço Social em Debate

05/04/2019

A revista Serviço Social em Debate está aceitando artigos para o v. 1, 2021:

Temática: "Direitos Humanos e Política Social: impasses e contradições"

Organizadores:

Profa. Dra. Lobelia da Silva Faceira – UNIRIO

Graduada em Serviço Social, Mestre em Serviço Social; Doutora em Educação, Pós-doutoranda do Programa de Estudos Pós-graduados em Política Social (UFF); Professora associada da Escola de Serviço Social e do Programa de Pós-graduação em Memória Social da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro e Bolsista Produtividade em Pesquisa CNPq. E-mail: lobeliafaceira@gmail.com

 

Profa. Dra. Nivia Valença Barros – UFF

Graduada em Serviço Social, Mestra em Educação, Doutora em Psicologia, Pós-Doutora em Ciências Sociais. Professora Associada vinculada ao Programa de Estudos Pós-Graduados em Política Social da Universidade Federal Fluminense. Coordenadora do Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania – UFF. Bolsista Produtividade em Pesquisa CNPq. E-mail: barros.nivia@gmail.com

 

Profa. Dra. Josélia Ferreira dos Reis - Justiça Federal do Rio de Janeiro

Graduada em Serviço Social, Doutora e Mestre em Política Social pelo PPGPS/UFF; Pesquisadora do NUDHESC/UFF e do NUPHPS/UFF; Assistente social da Justiça Federal do Rio de Janeiro. E-mail: joseliareis16@gmail.com


Ementa:

O fio condutor para este debate se refere a concepção de Direitos Humanos, que do ponto de vista formal é reconhecido como o conjunto de direitos universais garantidos a todo e qualquer indivíduo independentemente de sua classe social, etnia, gênero, nacionalidade ou posicionamento político. Segundo a Organização das Nações Unidas (ONU), os direitos humanos são “garantias jurídicas universais que protegem indivíduos e grupos contra ações ou omissões dos governos que atentem contra a dignidade humana”. São exemplos de direitos humanos o direito à vida, direito à integridade física, direito à dignidade, o direito às crenças individuais, entre outros.

O cenário contemporâneo - caracterizado pelo conservadorismo, recrudescimento do aparato punitivo do Estado, reducionismo e focalização das políticas sociais - possui diversos desafios e contradições à consolidação dos direitos humanos.

Como efetivar direitos num contexto de intensificação das desigualdades sociais, da pobreza, da violência? Como garantir direitos humanos no bojo da sociedade neoliberal? Como frear a escalada intolerante que vitimiza povos e segmentos sociais? Não é o objetivo dos artigos responder definitivamente estas questões, mas problematiza-las.

A luta pelos direitos humanos consiste num processo contínuo, perpassado por princípios éticos e pelo compromisso político com o exercício da cidadania. Pensar os direitos humanos no cenário contemporâneo é desvelar as diversas formas de violação e violência, que perpassam o campo das políticas sociais, e, problematizar os espaços de resistência e lutas políticas. A proposta deste volume é problematizar e debater os desafios dos direitos humanos no âmbito das diversas políticas sociais, destacando o campo da socioeducação, da execução penal, da política de assistência social, de proteção social aos refugiados, de saúde, do trabalho, do protagonismo feminino, dos direitos do povo negro, indígena e da população LGBTQI+.

Prazo para submissão: 07/05/2021

 

Saiba mais sobre Submissões de artigos para os próximos números da revista Serviço Social em Debate

Edição Atual

v. 2 n. 2 (2019)
Ver Todas as Edições