Sobre a Revista

Foco e Escopo

A Revista Engenharia de Interesse Social (REIS) é um periódico científico dedicado à divulgação eletrônica de artigos originais e resenhas críticas de estudos voltados para o debate da Engenharia enquanto vetor de desenvolvimento social. Em seu escopo temático, a REIS propõe uma abordagem multi e interdisciplinar das ações das Engenharias, reconhecendo suas implicações nas dimensões ambiental, econômica, histórica, cultural, política e institucional, bem como os aspectos correlacionados à sustentabilidade, sob uma perspectiva que considera tanto a dimensão humana quanto a social.

A REIS começou a ser publicada em 2016 pela Unidade João Monlevade da Universidade do Estado de Minas Gerais e, desde então, adotou uma política de livre acesso a todo seu conteúdo publicado por meio de sua plataforma na World Wide Web.

Com periodicidade semestral, suas edições são publicadas ao final dos meses de junho e dezembro. Tem como público alvo pesquisadores, professores, estudantes, de graduação e pós-graduação, bem como profissionais e formuladores de políticas públicas interessados nas ações das Engenharias.

A REIS aceita submissões de dois tipos: artigos originais e resenhas de livros. Em ambos os casos o processo de submissão deve ser iniciado e acompanhado pela plataforma do periódico, onde estão disponíveis as diretrizes para os autores. Aceitamos textos nos idiomas português, inglês e espanhol.

Sua Política Editorial tem como método o processo de duplo parecer cego (double blind peer-review), em que um Comitê de Avaliadores, composto por mestres e doutores, é responsável por avaliar o material submetido para publicação no periódico sem ter conhecimento dos autores dos textos.

 

Processo de Avaliação pelos Pares

 

Revisão por pares

O processo de revisão é baseado no conceito de duplo parecer cego (double blind peer-review), em que pareceristas, todos com títulos de mestre ou de doutor, avaliam o conteúdo submetido para publicação do periodico sem ter conhecimento de seus autores.

 

Avaliadores

Possuímos um banco de dados de avaliadores de diferentes Instituições de Ensino Superior brasileiras, além de alguns outros pesquisadores que não possuem vínculo com instituições, porém possuem grande conhecimento no campo das Engenharias e em outros temas correlatos.

A cada número novo emitimos uma lista nominada de participação dos avaliadores com seus respectivos nomes e vínculos institucionais.

 

Processo de avaliação

Os textos enviados a REIS passarão por 2 avaliações. A primeira avaliação será realizada pela editoria que analisará o texto a partir da revisão de dois critérios: normas de apresentação (desk review) e adequação científica ao foco e escopo do periódico (avaliação científica). A partir dessa primeira avaliação, será emitida uma decisão editorial que poderá aprovar o texto para a avaliação por pares, ou recomendar a revisão do texto, adequando às normas, para uma nova apresentação e posterior envio aos pareceristas ou, ainda, rejeitar o texto para publicação na REIS.

A segunda avaliação será emitida por pareceristas, todos com titulação de mestre ou doutor e com experiência reconhecida na área temática.

Os originais passarão pela a avaliação de dois pareceristas. Em caso de pareceres conflitantes, um terceiro parecerista será consultado para avaliar o trabalho.

O resultado das avaliações pode ser de quatro tipos:

a) aceito na íntegra, sem restrições;

b) rejeitado – não aprovado para publicação;

c) aceito na íntegra, com algumas sugestões de mudança (neste caso não é necessário voltar para o parecerista);

d) Sugestões de mudanças e reenvio ao parecerista. O último caso implica que a avaliação por pares constatou que o artigo poderá ser publicado se o autor fizer algumas adaptações indicadas na avaliação. O autor pode aceitar ou não as sugestões apontadas. Entretanto, deverá acatar as recomendações, caso contrário o texto será recusado para publicação. Caso o autor aceite as alterações indicadas pelos avaliadores, o texto alterado será novamente submetido a uma revisão.

Os editores são responsáveis pela decisão editorial final, baseada nos pareceres sobre os textos.

 

Tempo de avaliação

Os textos recebidos são dispostos na fila de textos para avaliação. Os textos que estão a mais tempo na fila terão prioridade na avaliação.
O tempo estimado de avaliação por pares é de 90 dias.

 

O processo editorial de avaliação é conduzido pela editoria da seguinte forma:

A editoria faz uma consulta ao avaliador sobre seu interesse e disponibilidade para avaliar um texto, considerando a correspondência entre a temática de interesse e de domínio do avaliador e a temática do texto submetido. O avaliador pode aceitar ou rejeitar o convite. Aceitando o convite, é disponibilizado uma ficha de avaliação, que deverá ser preenchida e será disponibilizada posteriormente aos autores como parecer.

 

Política de Acesso Livre

A Revista Engenharia de Interesse Social oferece acesso imediato e gratuito ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona uma maior democratização mundial do conhecimento.

 

Diretrizes para Avaliadores

 

Os membros do Comitê de Avaliadores da REIS podem realizar suas avaliações a partir das orientações disponibilizadas no Tutorial de Avaliação que pode ser acessado pelo link abaixo. Sugestões e críticas sobre essa ferramenta devem ser encaminhadas para o endereço

revista.engenhariasocial@uemg.br

 
Tutorial de Avaliação 2019
 
 

Indexadores e buscadores