O conhecimento para o mundo exponencial: As metodologias ativas na prática pedagógica

Autores

  • Janaina Boniatti Bolson Faculdade Murialdo - FAMUR
  • Kelly Rodrigues Faculdade Murialdo - FAMUR
  • Marina Revello de Lima Faculdade Murialdo - FAMUR

DOI:

https://doi.org/10.36704/sciaseducomtec.v2i1.4345

Palavras-chave:

Tecnologia, Inovação, Metodologia ativa, Ensino Híbrido.

Resumo

O presente artigo tem como objetivo identificar diferentes metodologias ativas no contexto do ensino híbrido, em que são utilizadas tecnologias de informação e comunicação em sala de aula na interação do professor e aluno no mundo exponencial. Sabe-se que o conhecimento que os mesmos possuem acerca dessas tecnologias e o impacto no processo de ensino e aprendizagem são consideráveis e significantes. Foi realizado um estudo de cunho bibliográfico sobre ensino híbrido e aplicação de metodologias ativas em sala de aula, bem como de diferentes recursos tecnológicos que contribuem para o aprendizado. As gerações Z e alpha tem em seu cotidiano cada vez mais presente equipamentos tecnológicos em sala de aula, tais como: smartphone e notebook, e seu uso exploratório e seu uso é uma possibilidade de mantê-los motivados quanto à utilização dessas ferramentas em sala de aula. É importante o investimento das escolas para manter esses alunos e professores conectados. Através de fundamentação teórica, foi possível demonstrar que o ensino híbrido e metodologias ativas podem contribuir no processo de ensino e aprendizagem, uma vez que os alunos são envolvidos diretamente nos estudos e são instrumentalizados para administrar melhor seu tempo de estudo.

Biografia do Autor

Janaina Boniatti Bolson, Faculdade Murialdo - FAMUR

Doutora em Educação - UNISINOS- Universidade do Vale do Rio dos Sinos - Docente do Curso de Pedagogia da Faculdade Murialdo - FAMUR.

Kelly Rodrigues, Faculdade Murialdo - FAMUR

Acadêmica do Curso de Pedagogia da Faculdade Murialdo - FAMUR.

Marina Revello de Lima, Faculdade Murialdo - FAMUR

Acadêmica do Curso de Pedagogia da Faculdade Murialdo - FAMUR.

Referências

ANDRADE, Ana Paula Rocha de. O Uso das Tecnologias na Educação: Computador e Internet. Computador e Internet, Universidade de Brasília e Universidade Estadual de Goias, ano 2011, p. 1-22, 2011.

CARTER, Christine. The complete guide to generation alpha, the children of millennials. Washington: Forbes, 21 dez. 2016. p. 1-3.

DEWEY, J. A escola e a sociedade; a criança e o currículo. Lisboa: Relógio d’Água; 2002.

DIAMANDIS, P.H, & KOTLER, S. (2016). Oportunidades exponenciais. HSM.HEGAZY, F. M.; GHORAB, K. E. The influence of knowledge management on organizational business processes’ and employees’ benefits. International Journal of Business and Social Science, v.5, n.1, p.148-172, jan. 2014.

JOHNSON, D.W. e JOHNSON, R.T. Instructional goal structure: cooperative, competitive or individualistic. Review of Educational Research, v. 44, p. 213-240, 1974.

LÉVY, P. Cibercutura. 2.ed. São Paulo: Editora 34, 2000.

MORAN, J. M. A educação que desejamos: novos desafios e como chegar lá. Campinas: Editora Papirus. – SP, 2007.

MORAN, J. M. Ensino e aprendizagem inovadores com tecnologia. In http: www.eca.usp.br/moran/inov.html>.Acesso: 05 set. 2019.

VASCONCELLOS, C. dos S. Currículo: a atividade humana como princípio educativo. São Paulo: Libertad, 2009.

Downloads

Publicado

30/07/2020

Como Citar

Bolson, J. B., Rodrigues, K., & Revello de Lima, M. (2020). O conhecimento para o mundo exponencial: As metodologias ativas na prática pedagógica. SCIAS - Educação, Comunicação E Tecnologia, 2(1), 6–22. https://doi.org/10.36704/sciaseducomtec.v2i1.4345