Mãe-pesquisadora: Os impactos do isolamento social em minha produção acadêmica durante a pandemia de Covid-19

Autores

DOI:

https://doi.org/10.36704/sciaseducomtec.v2i2.4986

Palavras-chave:

Produção intelectual, Mães pesquisadoras, Covid-19, Isolamento social

Resumo

A pandemia de Covid-19 provocou mudanças significativas nas relações humanas e sociais em todo o mundo. O isolamento social, medida protetiva inquestionável para conter a propagação do vírus e controlar os números de casos de doentes, afirmou mudanças impactantes ao trazer para o ambiente doméstico todas as atividades escolares e profissionais, o que causou também mudanças, por exemplo, no ritmo da produção acadêmica, especialmente, de mulheres mães pesquisadoras. Nesse depoimento, conto um pouco de minha rotina doméstica, profundamente alterada nesse momento atípico que estamos vivendo, com acréscimo de atividades, observância de novos horários e novas exigências, e também como essas alterações interferem em minha produção intelectual e no cumprimento de prazos regulamentares e outras exigências típicas de programas de pós-graduação. Conto também um pouco dos desafios enfrentados em minha casa e as soluções que estou encontrando para não deixar que o desconcerto dos dias pare minha pesquisa e projetos acadêmicos.

Biografia do Autor

Eliziane Cristina da Silva de Oliveira, Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais - CEFET-MG

Doutoranda e Mestre em Estudos de Linguagens pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG), com pesquisas nas áreas de fotojornalismo, edição fotográfica e narrativas visuais. Professora, jornalista e fotógrafa.

Referências

GARCIA, Janaína. Produção científica de mulheres despenca na pandemia - de homens, bem menos. Tilt/UOL, 26 de maio de 2020. Disponível em: https://www.uol.com.br/tilt/noticias/redacao/2020/05/26/pandemia-pode-acentuar-disparidade-entre-homens-e-mulheres-na-ciencia.htm

RAMÍREZ, Noelia. “Trabalho de madrugada porque não dou conta de tudo em casa”, a nova normalidade massacra as mulheres. Jornal El País, Coluna SMODA, 28 de maio de 2020. Disponível em: https://brasil.elpais.com/smoda/2020-05-28/trabalho-de-madrugada-porque-nao-dou-conta-de-tudo-em-casa-a-nova-normalidade-massacra-as-mulheres.html?ssm=whatsapp

Downloads

Publicado

12/02/2021

Como Citar

de Oliveira, E. C. da S. (2021). Mãe-pesquisadora: Os impactos do isolamento social em minha produção acadêmica durante a pandemia de Covid-19. SCIAS - Educação, Comunicação E Tecnologia, 2(2), 343–354. https://doi.org/10.36704/sciaseducomtec.v2i2.4986