Tecnologia auxiliando na formação de professores indígenas em Manaus

Autores

  • Joyce Karoline Pinto Oliveira Pontes
  • Artemis de Araujo Soares Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

DOI:

https://doi.org/10.36704/sciaseducomtec.v3i1.5161

Palavras-chave:

IPTV. Professores Indígenas. Indígena. UEA. TICs.

Resumo

A formação de professores indígenas é uma demanda antiga no qual requer capacitação através da conclusão de um curso superior cujo objetivo é fortalecer a cultura, a escolarização de alunos indígenas, bem como manter as tradições, costumes a partir de uma educação comunitária e intercultural. Logo, este artigo tem como objetivo contextualizar práticas pedagógicas do Programa de Formação de Professores Indígenas (PROIND) da Universidade do Estado do Amazonas (UEA) mediados por tecnologia de Internet Protocol Television (IPTV) na cidade de Manaus.

Biografia do Autor

Joyce Karoline Pinto Oliveira Pontes

É Doutora e Mestre em Sociedade e Cultura na Amazônia nas linhas de pesquisa: Sistemas Simbólicos e Manifestações Socioculturais e Redes, Processos e Formas de Conhecimentos, pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM/PPGSCA). Jornalista graduada pelo Centro Universitário do Norte (Uninorte/Laureate). Especialista em Informática Aplicada à Educação pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA). MBA Executivo em Gerenciamento de Projetos pela Faculdade Arthur Thomas (Londrina/PR). Possui curso técnico de aperfeiçoamento em Locução e Apresentação para Rádio e TV pela Fundação Rede Amazônica. Trabalhou como produtora no Programa televisivo da TV Brasil (Nova Amazônia), Portal Amazônia (Grupo Rede Amazônica), Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (SDS), no qual todos propagavam o jornalismo científico, tecnológico, ambiental e de saúde.É membro dos grupos de pesquisa certificados pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ): Corpo, Corporeidade e Multiculturalidade, na linha de pesquisa - Práticas Corporais e Interculturalidade na Amazônia; Centro de Estudos e Pesquisas em Filosofia e Ciências Humanas-CEFCH, na linha de pesquisa - Filosofia, Cultura e Ciência na Amazônia. Atuou profissionalmente no Estado do Amazonas como assessora, repórter e produtora de veículos de comunicação: Televisivo, WEB, Marketing Digital e Radiofônico. Ademais, possui experiência como docente de cursos técnico e superior voltados ao âmbito da Comunicação Social. ID ORCID https://orcid.org/0000-0002-4753-7329 

 

Artemis de Araujo Soares, Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

É Professora Titular da Faculdade de Educação Física e Fisioterapia da Universidade Federal do Amazonas, onde ministra disciplinas da área Socioantropológica e da Ginástica. Graduada em Educação Física e em Letras pela Universidade Federal do Amazonas (1973), com mestrado em Educação Física na Escola de Educação Física e Esporte na Universidade de São Paulo (1981). Doutorado em Ciências do Desporto na Universidade do Porto (1999). Atua no Programa de Pós-Graduação Sociedade e Cultura na Amazônia - PPGSCA como professora e Membro da Coordenação para o biênio 2018/2020, tendo sido Vice-coordenadora nos biênios 2012/1014 e 2014/2016. Desempenhou a função de Diretora da FEFF nos períodos 1999/2003, 2004/2008 e 2013/2017.Fez Pos-doc em Paris, na Université Paris-5 (Paris-Descartes) e na Université Rennes 2. Foi professora visitante da Université Rennes 2 em 2018/2019. É coordenadora do Grupo de Pesquisa ?Educação Física, CORPO, CORPOREIDADE E MULTICULTURALIDADE ? UFAM, atuando principalmente em temas relativos a estudos socio-culturais-desportivos, povos tradicionais e ginástica rítmica. É membro da Academia Amazonense de Letras ocupando a cadeira num. 40 desde novembro de 2017. É membro da Academia Brasileira de Educação Física desde outubro/2019. Publicou cerca de 20 títulos como autora, co-autora e organizadora de livros além de capítulos de livros. Dentre algumas homenagens, destaca Diploma de Honra ao Mérito Profissional aos Pioneiros de Educação Física da Universidade Federal do Amazonas, do Conselho Regional de Educação Física da 8º Região - CREF8/AM-AC-AP-PA-RO-RR; Reconhecimento e Homenagem da Câmara Municipal de Manaus pelo dia Internacional da Mulher; Diploma de Honra ao mérito concedido pelo Governo do Estado pelos relevantes serviços prestados no campo da Educação Física. É Membro revisor da Revista Praxiologia Motriz da Universidade de las Palmas. Participou do Projeto de Pesquisa: Gênero, Etnicidade, Práticas Sociais e Corporais das Mulheres Sateré-Mawé em duas Comunidades Indígenas, no Amazonas Descrição: Esta pesquisa que contou com o aporte financeiro da Fapeam (Edital Universal), buscou averiguar de que forma as configurações de gênero aparecem entrelaçadas às práticas sociais das mulheres sateré-maw-e, dando especial relevo ao trabalho, à pintura corporal como expressão identitária, à atividade de parteira e ao ritual da moça nova nas comunidades Molongotuba e Umirituba, no rio Andirá, Amazonas. ID ORCID https://orcid.org/0000-0002-9678-2937

Referências

AZAMBUJA, Marcos Jolbert C., GRIMONI, José Aquiles Baesso, DANTAS, Denise. IPTV and Cultural Probes: A qualitative explorative study for the development of an interface for learning. Proceedings of 2015 International Conference on Interactive Collaborative Learning (ICL). 20-24 September 2015, Florence, Italy.

BRASIL. Ministério da Educação. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial da União. Brasília, DF, 23 dez. 1996.

_______. MEC trabalha por avanços na educação escolar indígena. Disponível em:<http://portal.mec.gov.br/busca-geral/206-noticias/1084311476/75261-mec-trabalha-por-avancos-na-educacao-escolar-indigena> Acesso em 02 ago. 2020.

_______.Referenciais para a formação do professores indígenas. Brasília: Ministério da Educação e Cultura, Secretaria de Educação Básica, 2002. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/Livro.pdf>. Acesso em 02 ago. 2020.

_______.Constituição dos Estados Unidos do Brasil (DE 18 DE SETEMBRO DE 1946) - CAPÍTULO II - Da Educação e da Cultura. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao46.htm> Acesso em 02 ago. 2020.

_______.Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, DF: Senado Federal: Centro Gráfico, 1988.

_______.Decreto 5.051 de 19 de abril de 2004 - OIT 169. Brasília: Presidência da República - Casa Civil, 2004. Disponivel em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2004-2006/2004/decreto/d5051.htm. Acesso em: março 2014. (Promulga a Convenção 169 da Organização Internacional do Trabalho - OIT sobre Povos Indígenas e Tribais - art. 26 a 31)

_______.Ministério da Educação. Censo Escolar da Educação Básica 2012 Resumo. Disponível em: <http://download.inep.gov.br/educacao_basica/censo_escolar/resumos_tecnicos/resumo_tecnico_censo_educacao_basica_2012.pdf> Acesso em 02 ago. 2020.

BETTIOL, Célia Aparecida. A formação de professores indígenas na universidade do estado do Amazonas: avanços e desafios (2017). Disponível em: <https://repositorio.unesp.br/bitstream/handle/11449/151875/bettiol_ca_dr_prud.pdf?sequence=3> Acesso em 11 jan. 2019.

FUNAI - Fundação Nacional do Índio. Educação Escolar Indígena. Disponível em: < http://www.funai.gov.br/index.php/educacao-escolar-indigena> Acesso em 02 ago. 2020.

GUIMARÃES E VILLARDI. Susana M. G; Raquel. Educação Indígena. FGV On line.2010. Disponível em: <http://moodle.fgv.br/ >. Acesso em: 16 jun. 2016.

GUIMARÂES, Valter Soares. Formação de professores: saberes, identidade e profissão. Campinas: Papirus, 2004.

IBGE. Censo Demográfico 2010. Características gerais dos indígenas. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Disponível em: <ftp://ftp.ibge.gov.br/Censos/Censo_Demografico_2010/Caracteristicas_Gerais_dos_Indigenas/pdf/Publicacao_completa.pdf> Acesso em 02 ago. 2020.

ITU-T. FG IPTV-R-00 14. 2nd FG IPTV Meeting. Busan, Korea, 2006. Disponível em: <http://ties.itu.ch/ftp/public/itut/fgiptv/readonly/Previous_Meetings/20061016_Busan/FTP%20AREA%20-%20Read%20only/Reports/Plenary/FG%20IPTV-R-0014-Meeting%20Report-Draft-Plenary-2nd%20FGIPTV.doc>. Acesso em: 22 mar. 2010.

LUCIANO, Gersem (Baniwa). O Índio Brasileiro: o que você precisa saber sobre os povos indígenas no Brasil de hoje / Gersem dos Santos Luciano – Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade; LACED/Museu Nacional, 2006.

SOARES, Artemis; LIMA, Priscilla; SOLART, Mireia. Relato de experiência do cotidiano escolar no Médio Solimões (Maraã-Amazonas) na Escola Kanamari. In: I Congresso Internacional Interdisciplinar em Sociais e Humanidades. Anais. Niterói: Coninter. 2012. (ISSN 2316-266X).

TORI, R. Educação sem distância: as tecnologias interativas na redução de distâncias em ensino e aprendizagem. São Paulo: Senac, 2010.

UEA/PROFORMAR. Educação Indígena. Coordenador: José Ademir Gomes Ramos. Manaus: UEA Edições, 2007.

UEA. Extrato da Portaria no 197/2015-PROGRAD/UEA. Disponível em:<http://data.uea.edu.br/ssgp/noticia/1/43010-2.pdf>Acesso em 07 jan.2017.

UEA - Relatório Geral de Atividades / 2001.Manaus-Amazonas, Janeiro, 2002.

Downloads

Publicado

19/08/2021

Como Citar

Oliveira Pontes, J. K. P., & Araujo Soares, A. de. (2021). Tecnologia auxiliando na formação de professores indígenas em Manaus. SCIAS - Educação, Comunicação E Tecnologia, 3(1), 140–157. https://doi.org/10.36704/sciaseducomtec.v3i1.5161