Saberes, experiências e desafios na formação de professores indígenas no Amapá

Autores

  • Cristiane do Socorro dos Santos Nery Universidade Federal do Amapá - UNIFAP
  • Vitor Sousa Cunha Nery Universidade do Estado do Amapá - UEAP

Resumo

Este artigo tem como objetivo socializar as experiências e desafios em projetos de extensão no contexto da formação de professores indígenas. As ações extensionistas foram desenvolvidas durante o ano de 2018. Participaram dos projetos professores do ensino superior, agentes ambientais indígenas, acadêmicos indígenas e não-indígenas, professores da educação básica e
pesquisadores externos (antropólogos e cientistas sociais). Os projetos tiveram como base teórica as discussões sobre interculturalidade, pedagogia decolonial e interdisciplinaridade. Os resultados revelam aspectos positivos do ponto de vista pedagógico e interdisciplinar relacionados a formação inicial e contínua de professores indígenas. Com relação a vivência nos projetos destacamos a importância de se reconhecer e valorizar as formas próprias de conhecer dos povos indígenas e sua autonomia para proposição de políticas e práticas
educativas adequadas as especificidades das comunidades indígenas.

Downloads

Publicado

17/08/2020

Como Citar

Nery, C. do S. dos S., & Nery, V. S. C. (2020). Saberes, experiências e desafios na formação de professores indígenas no Amapá. SAPIENS - Revista De divulgação Científica, 2(1), 154–165. Recuperado de https://revista.uemg.br/index.php/sps/article/view/5092