Notícias

  • PRORROGADO O PRAZO PARA PUBLICAÇÃO NA 8@ EDIÇÃO DA REVISTA - 01/06/21 ATÉ 10/06/21

    04/06/2021
    CHAMADA PÚBLICA

    Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Conhecimento e Educação - COED[1]/Faculdade de Educação/Campus Belo Horizonte/Universidade do Estado de Minas Gerais torna pública:

    Seleção de Artigos Científicos sobre Arte/Educação da 9ª Edição da Revista Científica e Eletrônica SCIAS-Arte/Educação (ISSN: 2318-8537)

    [1] O Núcleo de Pesquisa sobre Conhecimento e Educação – COED - iniciou suas atividades na FaE/CBH/UEMG no ano de 2007. Desde então vem desenvolvendo investigações sobre o Conhecimento numa perspectiva abrangente, dialogal e contemporânea. O COED desenvolve propostas de interlocuções referentes a concepções sobre o Conhecimento como instância cultural e investiga tais relações com a prática educacional.

    Saiba mais sobre PRORROGADO O PRAZO PARA PUBLICAÇÃO NA 8@ EDIÇÃO DA REVISTA - 01/06/21 ATÉ 10/06/21
  • CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO - Cronograma - Envio de artigos para SCIAS Arte/Educação -  De 12 maio (quarta-feira) a 31  de maio de 2021 Avaliação dos Artigos pelo corpo de pareceristas - De 4 de junho (sexta-feira)  11 de junho (sexta-feira) 2021 Notificação dos trabalhos aceitos e contato com os autores - De 14 de junho (segunda-feira)  a 18 de junho (sexta-feira) de 2021 Diagramação, revisão editorial e publicação final do artigo aceito - De 21 de junho (segunda-feira)  a 30 de junho (quarta-feira) de 2021

    11/05/2021
    CHAMADA PÚBLICA

    Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Conhecimento e Educação - COED[1]/Faculdade de Educação/Campus Belo Horizonte/Universidade do Estado de Minas Gerais torna pública:

    Seleção de Artigos Científicos sobre Arte/Educação da 9ª Edição da Revista Científica e Eletrônica SCIAS-Arte/Educação (ISSN: 2318-8537)

    [1] O Núcleo de Pesquisa sobre Conhecimento e Educação – COED - iniciou suas atividades na FaE/CBH/UEMG no ano de 2007. Desde então vem desenvolvendo investigações sobre o Conhecimento numa perspectiva abrangente, dialogal e contemporânea. O COED desenvolve propostas de interlocuções referentes a concepções sobre o Conhecimento como instância cultural e investiga tais relações com a prática educacional.

    Saiba mais sobre CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO - Cronograma - Envio de artigos para SCIAS Arte/Educação -  De 12 maio (quarta-feira) a 31  de maio de 2021 Avaliação dos Artigos pelo corpo de pareceristas - De 4 de junho (sexta-feira)  11 de junho (sexta-feira) 2021 Notificação dos trabalhos aceitos e contato com os autores - De 14 de junho (segunda-feira)  a 18 de junho (sexta-feira) de 2021 Diagramação, revisão editorial e publicação final do artigo aceito - De 21 de junho (segunda-feira)  a 30 de junho (quarta-feira) de 2021
  • CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO

    26/08/2020

                             

    CHAMADA PÚBLICA

    Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Conhecimento e Educação -

    COED[1]/Faculdade de Educação/Campus Belo Horizonte/Universidade do Estado de Minas Gerais

    Seleção de Artigos Científicos sobre Arte/Educação da 8ª Edição da Revista

    Científica e Eletrônica SCIAS-Arte/Educação

    ISSN: 2318-8537

     

    O Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Conhecimento e Educação/COED da FaE/CBH/UEMG convida os interessados a apresentarem propostas de artigos para publicação da 8ª Edição da revista científica e eletrônica SCIAS-Arte/Educação, nos termos aqui estabelecidos para seleção pública.

     

    01. Objeto

    Esta chamada tem por objetivo selecionar interessados a apresentarem propostas de artigos que atendam aos requisitos desta chamada para apreciação e posterior publicação na 8ª edição da revista científica e eletrônica SCIAS-Arte/Educação.

     

    02. Motivação

    Arte e ciência: duas poderosas forças de identidade e afluência cultural. Podemos afirmar, mesmo que nem sempre desejemos admitir, que essas duas instâncias de ideologias podem se convergir no campo do Ensino e, portanto, no âmbito educacional. A Arte, por vezes tão metódica, muitas vezes tão absoluta e matemática em parte, não há como negar, é igualmente cerne do desvario e fruto dos acidentes expressivos em nossa existência. Não se deveria dizer o mesmo da ciência? Ambas não estão carregadas de regras, modos, receitas fruto de nosso esforço de tudo tentar codificar e explicar? Não é intrigante constatar (quase que cientificamente) a impossibilidade e a impotência de tais tentativas?

    Não obstante, é intrigante também observar que ambas, Arte e Ciência, são capazes, cada uma a seu modo, de preencher nossas almas. Hoffmann, em “O Doutor Coppelius”, ao descrever uma “impressão que absorve nossos pensamentos” nos indica que “Nesses instantes sentes todo o teu ser em fermentação, o sangue aquecido referve-te nas veias, dando-te às faces mais vivo colorido. O teu estranho olhar parece querer discernir, no espaço, objetos invisíveis para qualquer outro olhar humano, e as tuas palavras perdem-se em vagos suspiros”. Muito podemos ser elucidados tanto pela ciência quanto pela Arte. Muito podemos ser confundidos e igualmente iludidos por elas. De qualquer forma, todos esses caminhos também podem, muitas vezes, nos preencher a existência.

    Entendemos, portanto, fazer parte, não menos espantados e indignados, dos inúmeros paradoxos da essência humana. Entendemos ser necessário e urgente falar sobre Ensino de Arte e suas formas científicas na educação. Com a mesma convicção que sabemos ser inevitável em vários momentos calar-nos diante da força de nossos objetos de estudo. É o próprio Hoffmann que vem ao nosso socorro e nos redime perante você, nosso querido e importante leitor: “Todos os recursos da linguagem são fracos, insuficientes; todas as expressões desbotadas, sem vida. Continuas insistindo, hesitas, gaguejas; as frias perguntas dos amigos penetram, como sopro gelado, na fornalha que te consome a alma, e ameaçam apagá-la. Mas se, como pintor ousado, conseguires desenhar a traços largos os contornos do teu esboço, podes juntar-lhe, sem trabalho, cores cada vez mais vivas e brilhantes; as múltiplas figuras do painel encantam e arrastam os teus amigos, que se reconhecem a si próprios na imagem evolada de tua alma”...Acaso esta descrição não serviria tanto para a Ciência quanto para a Arte? A decisão não é nossa e talvez de cada um de nós. Não procuramos previsões. Aguardamos os artigos de nossos colaboradores.

     

    03. Normas para submissão 

    DIRETRIZES PARA AUTORES 

    Linha editorial

    A revista SCIAS-Arte/Educação é um periódico científico com o objetivo de publicar artigos na área de Arte/Educação a partir também do diálogo com outros campos do conhecimento. A SCIAS-Arte/Educação é a revista do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Conhecimento e Educação da FaE/CBH/UEMG, publicada com o apoio do Centro de Comunicação da FaE/CBH/UEMG e da Editora EdUEMG.

    As propostas para publicação devem ser originais, inéditas no país e devem ser classificadas em artigos abrangentes da literatura sobre temas gerais relacionados à arte e à educação. Cada autor/a só poderá ter um artigo em tramitação, entre o início da submissão e a publicação final. Será observado um intervalo de um ano entre a publicação de textos escritos pelo mesmo autor/a e o início de um novo processo de submissão.

    Todos os números são divulgados por meios digitais, estando disponíveis online pelo endereço: http://revista.uemg.br/index.php/SCIAS/issue/archive

    Processo de avaliação dos artigos

    Os artigos recebidos serão apreciados inicialmente pelo Conselho Editorial e os que estiverem de acordo com as normas da revista SCIAS Arte/Educação serão encaminhados aos membros do Conselho Cientifico, em função da competência no tema/assunto do artigo avaliado, garantindo-se o processo duplo cego. Após o processo de avaliação, os autores são notificados. Os artigos aprovados incondicionalmente são diretamente enviados para publicação.

    Caso o texto dependa de modificações, as alterações propostas são enviadas aos autores, que decidem se concordam em empreendê-las, de acordo com as sugestões do conselheiro, no prazo a ser definido pelo editor. As modificações introduzidas no texto deverão ser grifadas para efeito de verificação pelo editor.

    Apresentação dos trabalhos

    Ao enviar o artigo para a revista, o autor compromete-se a não o encaminhar para outro(s) veículo(s) de publicação pelo prazo de seis meses, a contar da data do envio. As propostas devem ser submetidas via internet, pelo endereço:  http://revista.uemg.br/index.php/SCIAS/index

    Aceitam-se artigos em português, inglês, espanhol, francês e alemão. Os artigos devem ser encaminhados em arquivo Word for Windows, versão 6.0 ou superior, com extensão (.doc), em fonte Times New Roman, tamanho 12, em folha de formato A4, com espaçamento 1,5 entre linhas, margens superior, inferior e laterais de 2 cm. Os artigos devem ter a extensão mínima de 12 e máxima de 20 páginas.

    O texto não deve conter qualquer identificação do autor e coautores. Esses dados, assim como vínculo institucional, formação e e-mail compõem os metadados, que devem ser preenchidos total e corretamente no momento do cadastro do autor para a continuidade do processo de submissão do artigo.

    O resumo deve ter no mínimo 100 e no máximo 150 palavras na mesma língua do trabalho e palavras-chave (no mínimo três e no máximo cinco). Após esse resumo, deve-se incluir também o abstract, acompanhado da tradução do título e das keywords.

    As notas de rodapé devem ser usadas somente quando estritamente necessário para algum esclarecimento. O texto deve ser sucinto, corpo 10, alinhado à esquerda com espaçamento simples. Essas notas devem ser apresentadas em algarismos arábicos, com numeração única e consecutiva para todo o artigo.

    Ilustrações

    As tabelas, quadros e gráficos devem ser inseridas no texto com títulos e legendas em acordo com a ABNT. As figuras devem ter seu lugar indicado no texto e ser enviadas também em anexos separados, em formato de arquivo JPG, cor cinza, 300 dpi. Devem ser nomeadas FIG. 1, FIG. 2, sucessivamente, podendo ainda ter um título sugestivo do seu conteúdo, sempre com a indicação das fontes.

     

    Citações

    As citações no texto devem utilizar o sistema autor-data e seguir as normas da ABNT para esse sistema.

    Em citações diretas ou literais, o nome do autor, fora de parênteses, tem apenas a inicial maiúscula e, dentro de parênteses, todas as letras maiúsculas (AUTOR, data, página). Para citações até três linhas, usam-se aspas, sem itálico. Citações com mais de três linhas são recuadas 4 cm da margem esquerda, fonte menor, espaçamento simples, sem aspas e sem itálico.

    Em citações indiretas, se o nome do autor estiver inserido no texto, usa-se apenas a inicial maiúscula com a data entre parênteses. Caso o nome do autor venha entre parênteses, todas as letras serão em maiúscula, seguindo-se a data, sem a necessidade de colocar a página.

    Ex:

    Na perspectiva de Arendt (1997), que a educação assuma seu caráter conservador é fundamental para que o mundo não se torne mortal como os mortais, para que o mundo continue e se renove a cada nova geração.

    Que a educação assuma seu caráter conservador é fundamental para que o mundo não se torne mortal como os mortais, para que o mundo continue e se renove a cada nova geração (ARENDT, 1997).

    *Esse formato de citação vale também para o caso de depoimentos ou entrevistas.

    Em citação de citação, emprega-se a expressão latina apud (junto a) ou o equivalente em português “citado por”, para identificar a fonte secundária que foi efetivamente consultada. A referência da obra citada deve vir em nota de rodapé ou como parte da referência no final do texto.

    Ex:

    No texto:

    Um modelo de liderança bastante estudado e utilizado na década de 1960 foi o Grid Gerencial (BLAKE; MOUTON¹, 1972 apud RONCHI, 2007).

    Em nota de rodapé:

    ¹ BLAKE, R. R.; MOUTON, J. S. A estruturação de uma empresa dinâmica através do desenvolvimento organizacional do tipo Grid. São Paulo: Edgard Blücher, 1972.

    Citações de diversos documentos de um mesmo autor e data devem ser distinguidos pelo acréscimo de letras minúsculas em ordem alfabética após a data. Essas letras devem constar também nas referências.

    Ex:

    Vygotsky (1998a) Vygotsky (1998b) ou

    (VYGOTSKY, 1998a, p. 55) (VYGOTSKY 1998b, p. 37)

     

    Referências

    As referências bibliográficas devem seguir as normas da ABNT para esse sistema (NBR 6023). Elas devem ser listadas no final do artigo, alinhadas somente à margem esquerda, identificando se individualmente cada documento em espaço simples, separados uns dos outros por dois espaços simples.

     

    Livros

    VASQUEZ, A. S. Filosofia da práxis. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.

    SAVIANI, D. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 3. ed. São Paulo:

    Cortez/Autores Associados, 1992.

     

    Capítulos de livros

    -  Capítulo e livro com mesmo autor:

    CANDAU, V. M. Cotidiano escolar e cultura(s): encontros e desencontros. In: ____.

    (Org.). Reinventar a escola. Petrópolis: Vozes, 2000. p. 61-78.

    -  Capítulo e livro com autores diferentes:

    EVANGELISTA, O. A formação universitária do professor: o debate dos anos 1920 e a experiência paulista dos anos 1930. In: MORAES, M. C. M. de (Org.). Iluminismo às avessas: produção de conhecimento e políticas de informação docente. Rio de Janeiro:

    DP&A, 2003.

    -  Autor entidade

    ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023 - Informação e documentação: referências: elaboração. Rio de Janeiro, 2002. 24p.

    CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. Conselho Pleno. Resolução CNE/CP n. 1.

    De 15 de maio de 2006. Institui diretrizes curriculares nacionais para o curso de graduação em pedagogia. Disponível em: <http://WWW.mec.gov.br>. Acesso em: 10 jul. 2010.

    -  Mais de um autor (separados por ponto-e-vírgula)

    BERGÉ, P.; POMEAU, Y.; DUBOIS-GANCE, M. Dos ritmos ao caos. São Paulo:

    Editora Unesp, 1996.

    -  Mais de três autores

    GAUTHIER, C. et al. Por uma teoria da pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre saber docente. Tradução de Francisco Pereira. Ijuí: Ed Unijuí, 1998.

    -  Séries e coleções

    MIGLIORI, R. Paradigmas e educação. São Paulo: Aquariana, 1993. 20 p. (Visão do futuro, v. 1)

    -  Livro eletrônico

    ROSÁRIO,  A.  B.;  KYRILLOS  NETO,  F.;  MOREIRA,  J.  DE  O.  (Orgs.).  Faces   da violência na contemporaneidade: sociedade e clínica. Barbacena: EdUEMG, 2011.

    Disponível em:

    <http://intranet.uemg.br/comunicacao/arquivos/PubLocal172P20120518123259.pdf>. Acesso em: 2 out. 2011

     

    Artigo de periódicos

    SAVIANI. D. O espaço acadêmico da pedagogia no Brasil: perspectivas históricas. Paideia - Cadernos de Psicologia em Educação, São Paulo, v. 14, n. 28, p. 113-124, maio/ago. 2004.

     

    Teses, dissertações e monografias

    ALMEIDA, L. C. Curso de pedagogia na Unicamp: marcas de formação. 2008. 199 f. Dissertação (mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008.

    Trabalhos apresentados em congresso

    FRANCO, M. A. S. Saberes pedagógicos e prática docente. In: ENDIPE: EDUCAÇÃO

    FORMAL E NÃO             FORMAL, PROCESSOS FORMATIVOS          E SABERES

    PEDAGÓGICOS, 13., 2006, Recife. Anais... Recife: Edições Bagaço, 2006. v. 1, p. 27-

    50.

     

    CONDIÇÕES PARA SUBMISSÃO

    Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

    1. A contribuição é original e inédita e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
    2. O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
    3. URLs para as referências foram informadas quando possível.
    4. O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
    5. O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.
    6. Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.

     

     

     

    POLÍTICA DE PRIVACIDADE

    Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

     

    04. Cronograma

    EVENTOS

    DATAS

    Envio de artigos para SCIAS

    Arte/Educação

    De 01 Setembro (terça-feira) a 25 de Setembro de 2020

    Avaliação dos Artigos pelo corpo de precaristas 

    De 5 de Outubro (segunda)  27 de Outubro (terça) 2020

    Notificação dos trabalhos aceitos e contato com os autores

    De 28 de Outubro (quarta)  a 6 de Novembro (sexta) de 2020

    Diagramação, revisão editorial e publicação final do artigo aceito

    De 9 de Novembro (segunda)  a 26 de Novembro (quinta) de 2020

     

     

    05. Resultado da análise do Conselho Editorial

    A relação dos artigos selecionados será divulgada na página eletrônica da UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS, disponível na Internet no endereço http://revista.uemg.br/index.php/SCIAS/announcementNão haverá qualquer tipo de prêmio ou remuneração para os autores que tiverem seus trabalhos selecionados.

     

    06. Esclarecimentos e informações adicionais

    Os esclarecimentos e informações adicionais acerca do conteúdo desta Chamada poderão ser obtidos por intermédio do endereço eletrônico revistascias@uemg.br, telefone 55(31) 3239-5918, referenciando-se à revista SCIAS-Arte/Educação.

     

    07. Da anulação ou revogação da Chamada Pública

    A qualquer tempo, a presente Chamada Pública poderá ser revogada ou anulada, no todo ou em parte, a critério do COED/FaE/CBH/UEMG, sem que isso implique direito a indenização ou reclamação de qualquer natureza. O COED/FaE/CBH/UEMG poderá cancelar a presente chamada pública caso o Conselho Editorial não se pronuncie no prazo de 30 dias a contar da entrega das propostas para análise.

     

    Belo Horizonte, agosto/2020

     

    XXXXXXXXXXXXXXX


    [1] O Núcleo de Pesquisa sobre Conhecimento e Educação – COED - iniciou suas atividades na FaE/CBH/UEMG no ano de 2007. Desde então vem desenvolvendo investigações sobre o Conhecimento numa perspectiva abrangente, dialogal e contemporânea. O COED desenvolve propostas de interlocuções referentes a concepções sobre o Conhecimento como instância cultural e investiga tais relações com a prática educacional.

    Saiba mais sobre CHAMADA PARA PUBLICAÇÃO
  • PUBLIC CALL 7th edition

    27/05/2020

    PUBLIC CALL

    Center for Study and Research on Knowledge and Education - COED/Faculty of Education/Campus Belo Horizonte/University of Minas Gerais

    Selection of Scientific Articles about Art/Education 7th edition of Science Magazine and Electronic SCIAS Art/Education

    ISSN: 2318-8537

     

    The Center for Study and Research on Knowledge and Education/ COED FAE/CBH/UEMG invites interested parties to submit proposals for articles to be published on the 7 th edition of Science and e Magazine SCIAS Art/Education, as set out here for public selection.

     

    1. Object

    This call aims to select interested parties to submit proposals for articles that attends the requirements of this call for consideration and posterior publication in the 7th edition of the scientific and e Magazine SCIAS Art/Education.

     

    2. Motivation

    On a moment that the field of the sensitive enlarges its social bodies, facing huge sceneries of crises, as much as a planetary union, the investigation in arts and the teaching of art keep on being fundamental for the invention of possibilities and the diffusion of know ledge. The artistic field is cause and image of a constant reinvention of ourselves, and of the world. The scias arte-education magazine proposes this edition as an initiative for, even going through so many critical isolations and solitude pandemics, we create alternatives of movement, so we can face situations of symbolic destruction and create actions that stimulate us to ask: Do the art we create and the art we teach reflect in some ways, who we are?

    3. Submission Rules

    GUIDELINES FOR AUTHORS

    Editorial Line

    The magazine SCIAS Art/ Education is a journal aiming to publish articles in the field of Art/Education also from the dialogue with other fields of knowledge. The SCIAS Art/Education is the journal of the Center of Studies and Research on Knowledge and Education FAE/CBH/UEMG, published with the support of the Center of Communication FAE/CBH/UEMG.

    Proposals for publication must be original, unpublished in the country and must be classified into broad literature articles on general topics related to art and education. Each author can only have one paper in progress between the beginning of the submission and final publication. An interval of one year between the publication of texts written by the same author and the beginning of a new submission process will be observed.

    All figures are released digitally and are available online at the address:

     http://www.uemg.br/openjournal/index.php/SCIAS

     

    Process of evaluating articles

    Articles received will initially be evaluated by the Editorial Board and those which are in accordance with the standards of the journal SCIAS Art/Education will be forwarded to the members of the Scientific Council on the basis of competence in the subject / subject of the article reported, guaranteeing the dual blind process. After the evaluation process, authors are notified. The approved articles are unconditionally sent straight for publication.

    If the text is dependent on modifications, the proposed changes are sent to authors, who decide whether to agree to undertake them, according to the suggestions of the counselor, the term to be defined by the publisher. The changes made in the text should be underlined for the purpose of verification by the editor.

     

    Presentation of Work

    By submitting the article to the journal, the author undertakes not to forward it to other (s) vehicle (s) of publication for a period of six months from the date of shipment.

    Proposals must be submitted via the Internet at the address:

    ttp://revista.uemg.br/index.php/SCIAS/index

    Accepted papers in Portuguese and English. Articles should be submitted in MS Word for Windows, version 6.0 or higher, with an extension (.doc), in Times New Roman font, size 12, sheet of A4 format, with 1.5 line spacing, top, bottom and sides of 2 cm. Articles must have a minimum length of 15 and maximum of 20 pages.

    The text should not contain any identification of the author and coauthors. These data, as well as institutional affiliation, education and email are metadata, which must be completed fully and correctly at registration for the continuity of the author of the article submission process.

    The summary should have at least 100 and at most 150 words in the same language of work and keywords (a minimum of three and maximum five). After this summary, you must also include the abstract, together with a translation of the title and keywords.

    Footnotes should be used only when strictly necessary for some clarification. The text should be succinct, size 10, left aligned single spaced. These notes must be submitted in Arabic numerals, with single and consecutive to any item numbering.

     

    Illustrations

    Tables, charts and graphs should be inserted in the text with titles and subtitles in accordance with ABNT. The figures should have their place stated in the text and also be submitted as separate attachments in JPG file format, gray color, 300 dpi. They should be named FIG .1, FIG. 2, in turn, and may also have a suggestive title of their content, always indicating the sources.

     

    Quotes

    Quotes in the text should use the author - date system and following the ABNT norms for this system.

    In direct or literal quote, the author's name, outside of parentheses, is only the initial capital letter and, within brackets, all uppercase (author, date, page). To quote three lines, you use quotes, no italics. Quotations over three lines are indented 4 cm from the left margin, smaller font, single spaced, without quotation marks and without italics.

    In indirect quotations, only the author's name is inserted in the text, we use a capital letter with the date in parentheses. If the author's name come in brackets, all letters are must be in uppercase, followed by the date, without the need to put the page.

    e.g.:

    In view of Arendt (1997), that education takes its conservative character is essential that the world does not become mortal as mortals, so that the world will continue and renew every new generation.

    That education takes its conservative character is essential that the world does not become mortal as mortals, so that the world will continue and renew every new generation (Arendt, 1997).

    * This quote format also applies to the case of statements or interviews.

    When quoting a quote, the Latin expression, apud (among), should be used, or the equivalent in Portuguese “cited by”, to identify a secondary source that was actually consulted. The reference of the cited work must come in footnotes or as part of the reference at the end of the text.

    e.g.:

    In the text:

    Um modelo de liderança bastante estudado e utilizado na década de 1960 foi o Grid Gerencial (Blake; MOUTON¹, 1972 apud Ronchi, 2007).

    Footnote:

    ¹ BLAKE, R. R, MOUTON, JS. A estruturação de uma empresa dinâmica através do desenvolvimento organizacional do tipo Grid. São Paulo: Edgard Blücher, 1972.

    Quotes from several documents of the same author and date must be distinguished by adding lower case letters alphabetically ordered after the date. These letters should also be included in the references.

    e.g.                                                                 :

    Vygotsky (1998a) Vygotsky (1998b) or

    (VYGOTSKY, 1998a, p 55). (VYGOTSKY, 1998b, 37).

     

    References

    References should follow the rules of ABNT for this system (NBR 6023). They should be listed at the end of the article, only aligned to the left margin, identifying each document individually in single space, separated from each other by two single spaces.

     

    Books

    VASQUEZ, A. S. Filosofia da práxis. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.

    SAVIANI, D. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 3. ed. São Paulo: Cortez/Autores Associados, 1992.

     

    Chapters from books

    - Chapter and book with the same author:

    CANDAU, V. M. Cotidiano escolar e cultura(s): encontros e desencontros. In: ____. (Org.). Reinventar a escola. Petrópolis: Vozes, 2000. p. 61-78.

    - Chapter and book with different authors:

    EVANGELISTA, O. A formação universitária do professor: o debate dos anos 1920 e a experiência paulista dos anos 1930. In: MORAES, M. C. M. de (Org.). Iluminismo às avessas: produção de conhecimento e políticas de informação docente. Rio de Janeiro: DP&A, 2003.

    - Author entity

    ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023 - Informação e documentação: referências: elaboração. Rio de Janeiro, 2002. 24p.

    CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. Conselho Pleno. Resolução CNE/CP n. 1. De 15 de maio de 2006. Institui diretrizes curriculares nacionais para o curso de graduação em pedagogia. Disponível em: <http://WWW.mec.gov.br>. Acesso em: 10 jul. 2010.

    - More than one author (separated by semi-colons)

    BERGÉ, P.; POMEAU, Y; DUBOIS-GANCE, M. Dos ritmos ao caos. São Paulo: Editora Unesp, 1996.

    - More than three authors

    GAUTHIER, C. et al. Por uma teoria da pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre saber docente. Tradução de Francisco Pereira. Ijuí: Ed Unijuí, 1998.

    - Series and collections

    MIGLIORI, R. Paradigmas e educação. São Paulo: Aquariana, 1993. 20 p. (Visão do futuro, v. 1)

    - Electronic Book

    ROSÁRIO, A. B.; KYRILLOS NETO, F.; MOREIRA, J. DE O. (Orgs.). Faces da violência na contemporaneidade: sociedade e clínica. Barbacena: EdUEMG, 2011. Available at:

    <http://intranet.uemg.br/comunicacao/arquivos/PubLocal172P20120518123259.pdf>. Access: 2 out. 2011

     

    Periodical article

    SAVIANI. D. O espaço acadêmico da pedagogia no Brasil: perspectivas históricas. Paideia - Cadernos de Psicologia em Educação, São Paulo, v. 14, n. 28, p. 113-124, maio/ago. 2004.

    Theses, dissertations and monographs

    ALMEIDA, L. C. Curso de pedagogia na Unicamp: marcas de formação. 2008. 199 f. Dissertação (mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008.

     

    Papers presented in conferences

    FRANCO, M. A. S. Saberes pedagógicos e prática docente. In: ENDIPE: EDUCAÇÃO FORMAL E NÃO FORMAL. PROCESSOS FORMATIVOS E SABERES PEDAGÓGICOS, 13., 2006, Recife. Anais... Recife: Edições Bagaço, 2006. v. 1, p. 27-50.

     

    CONDITIONS FOR SUBMISSION

    As part of the submission process, authors are required to check off their submission's compliance with respect to all items listed below. Submissions that do not comply with the standards will be returned to authors.

    1. The contribution is original and unpublished and is not being evaluated for publication elsewhere, otherwise shall be justified in “comments to the editor."

    2. The submission file is in Microsoft Word, OpenOffice or RTF format.

    3. URLs for the references have been provided where possible.

    4. The text is single-spaced, using a 12-point font; employs italics, rather than underlining (except with URL addresses); figures and tables are placed within the text, not at the end of the document as attachments.

    5. The text adheres to the stylistic and bibliographic requirements outlined in the Author Guidelines, the About the Journal page.

    6. In case of submission to a section with peer review (e.g. articles), the instructions available at “assegurando a avaliação pelos pares cega” were followed.

     

     

    PRIVACY POLICY

    The names and email addresses entered in this journal will be used exclusively for the stated purposes of this journal and will not be made available for other purposes or to third parties.

     

    04. Schedule

    EVENT

    DATES

    Submitting articles to SCIAS Art/Education

    may 23th to june 12th, 2020

    Review of Articles by body

    Consultants of the Editorial Board

    june 13th to june 25th, 2020

    Notification of accepted papers and contact with authors

    june 26th to june 27th, 2020

    Typesetting, editorial revision and final publication of the paper accepted

    june 28th to june 30th, 2020

     

     

    05. Results of the analysis of the Editorial Board

    A list of selected articles will be published on the website of the UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS, available at

    http://www.uemg.br/openjournal/index.php/SCIAS

    There will not be any kind of reward or remuneration for authors to have their works selected

     

    06. Clarification and additional information

    Clarifications and additional information about the contents of this Call may be obtained through the e-mail address scias.arteduc@gmail.com, phone 55 (31) 3239-5918, referring to the Scias ART JOURNAL / EDUCATION.

    07. Cancellation or revocation of the Public Call

    At any time, this Public Call may be revoked or canceled in whole or in part , at the discretion of COED/FAE/CBH/UEMG , without incurring any compensation or claim of any nature . The COED/FAE/CBH/UEMG may cancel this public event in case the Editorial Board does not respond within 30 days from the submission of proposals for consideration.

     

    Belo Horizonte, may/2020

     

    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

    Saiba mais sobre PUBLIC CALL 7th edition
  • CONVOCATORIA PÚBLICA 7ª edición

    25/05/2020

    CONVOCATORIA PÚBLICA

    Centro de Estudios e Investigaciones sobre Conocimiento y Educación – COED[1]/ Facultad de Educación/Campus Belo Horizonte/Universidad de Minas Gerais

    Selección de los artículos científicos sobre Arte/Educación de la séptima edición de la Revista Electrónica SCIAS Arte/Educación

    ISSN: 2318-8537

     

    El Centro de Estudios e Investigaciones sobre Conocimiento y Educación/ COED- FAE/ CBH/ UEMG invita a las partes interesadas a presentar propuestas de artículos para su publicación en la séptima edición de la revista electrónica SCIAS Arte/Educación, tlo establecido aquí por concurso público.

     

    01. Objeto

    La presente convocatoria tiene por objeto seleccionar interesados en presentar propuestas de artículos que cumplan con los requisitos de la presente convocatoria para su consideración y posterior publicación en la séptima edición de la revista electrónica SCIAS Arte/Educación.

     

    02. Motivación

    En un momento en que, el campo de lo sensible expande sus cuerpos sociales, ante escenarios colosales, tanto de crisis como de unión planetaria, la investigación en el arte y en la enseñanza del arte, siguen siendo fundamentales para la invención de posibilidades para la difusión del conocimiento. El campo artístico es la causa y la imagen de una reinvención constante de nosotros mismos y del mundo. La revista SCIAS Arte-Educação propone una edicción más, como una iniciativa para que, incluso ante tantos aislamientos críticos y pandemias de soledad, creamos alternativas de movimiento para enfrentar situaciones de destrucción simbólica y construir acciones que nos permitan indagar: el arte que hemos erigido y el arte que enseñamos hoy refleja, hasta qué punto, a quienes somos?

    03. Normas de presentación

    DIRECTRICES PARA LOS AUTORES

    Línea editorial

    La revista SCIAS Arte/Educación es una revista con el objetivo de publicar artículos en el campo del Arte/Educación también desde el diálogo con otros campos del conocimiento. SCIAS Arte/Educación es la revista del Centro de Estudios e Investigación sobre Conocimiento y Educación FAE/CBH/UEMG, publica con el apoyo del Centro de Comunicación FAE/CBH/UEMG.

    Las propuestas de publicación deben ser originales, no publicados y en el país se clasifican en artículos grandes de la literatura sobre temas generales relacionados con el arte y la educación. Cada autor/a sólo puede tener un papel en el progreso entre el comienzo de la presentación y publicación final. Sera observado un intervalo de un año entre la publicación de los textos escritos por el mismo autor/a, y el comienzo de un nuevo proceso de envío.

    Todas las cifras son publicadas en forma digital y se encuentran disponibles en línea en la dirección: http://www.uemg.br/openjournal/index.php/SCIAS

    Proceso de evaluación de artículos

    Los artículos recibidos serán inicialmente evaluados por el Consejo Editorial y que están de acuerdo con las normas de la revista SCIAS Arte/Educación se remitirá a los miembros del Consejo Científico sobre la base de la competencia en la materia/tema del artículo reportado, garantizando el doble proceso ciego. Después de que el proceso de evaluación, los autores seran notificados. Los articulos aprobados, incondicionalmente, seran directamente enviados para su publicacion.

    Si el texto necesitara de modificaciones, los cambios propuestos son enviados a los autores, que deciden ponerse de acuerdo para llevarlas a cabo, de acuerdo con las sugerencias del consejero, el término que se definirá por el editor. Los cambios realizados en el texto deben ser subrayados con el propósito de verificación por parte del editor.

     

    Presentación de los trabajos

    Al enviar el artículo a la revista, el autor se compromete a no enviarlo a otro(s) vehículo(s) de publicación por un período de seis meses desde la fecha de envío.

    Las propuestas deben presentarse a través de Internet en la dirección:

    http://revista.uemg.br/index.php/SCIAS/index

    Se aceptarán tabajos en portugués e inglés. Los artículos deben ser enviados en formato MS Word para Windows, versión 6.0 o superior, con una extensión (.doc), en letra Times New Roman, tamaño 12, hoja de formato A4, con un interlineado de 1,5 líneas, arriba, abajo y los lados de 2 cm. Los artículos deberán tener una extensión mínima de 15 y máxima de 20 páginas.

    El texto no debe contener ninguna identificación de los autores y coautores. Estos datos, así como la afiliación institucional y correo electrónico metadatos del componente de formación, que debe ser completado totalmente y correctamente en el registro para la continuidad de la autora del proceso de envío de artículos.

    El resumen debe ser de al menos 100 y un máximo de 150 palabras en el mismo idioma del trabajo y de las palabras clave (un mínimo de tres y un máximo de cinco). Después de este resumen, también se debe incluir el resumen, junto con una traducción del título y palabras clave.

    Las notas al pie deben utilizarse sólo cuando sea estrictamente necesario para alguna aclaración. El texto debe ser conciso, tamaño 10, alineado a la izquierda a espacio sencillo. Estas notas deben ser presentadas en números arábigos, con la sola y consecutiva a cualquier numeración de artículos.

     

    Ilustraciones

    Las tablas, cuadros y gráficos se deben insertar en el texto con títulos y subtítulos de acuerdo con la ABNT. Las figuras deben tener su lugar apropiado en el texto y también presentarse como archivos adjuntos por separado en formato de archivo JPG, de color gris, 300 dpi. En caso de ser nombrado la fig. 1, la fig. 2, a su vez, también pueden tener un título sugerente de su contenido, indicando siempre la fuente.

     

    Cita

    Las citas en el texto deben utilizar el sistema autor-fecha y siguiendo las normas de la ABNT para este sistema.

    En la cita directa o literal, el nombre del autor, fuera de los paréntesis, es sólo la letra mayúscula inicial y, entre paréntesis, todas en mayúscula (AUTOR, fecha, página). Para citar a tres líneas, utilice comillas ni cursiva. Citas más de tres líneas están sangrados 4 cm del margen izquierdo, de letra más pequeño, espacio simple, sin comillas y sin cursiva.

    En las citas indirectas, sólo el nombre del autor se inserta en el texto, se utiliza una letra mayúscula con la fecha entre paréntesis. Si el nombre del autor entre parêntesis viene, todas las letras en mayúsculas, seguida de la fecha sin la necesidad de poner la página.

    Ejemplo:

    En vista de Arendt (1997), en que la educación debe su carácter conservador es esencial que el mundo no se convierte en mortal como mortales, para que el mundo va a continuar y renovar cada nueva generación.

    Que la educación debe su carácter conservador es esencial que el mundo no se convierte en mortal como mortales, para que el mundo va a continuar y renovar cada nueva generación (ARENDT, 1997).

    * Este formato de cita también se aplica al caso de declaraciones o entrevistas.

    En el servicio de la cita - emplea la expresión latina citado en (al lado) o su equivalente en portugués "citado por", para identificar una fuente secundaria que fue realmente consultado. La obra de referencia citado debe venir en las notas o en el marco de la referencia al final del texto.

    Ejemplo:

    En el texto:

    Un modelo de liderazgo estudiado y utilizado extensivamente en la década de 1960 fue la Rejilla Gerencial (BLAKE; MOUTON¹, 1972 apud RONCHI, 2007).

    Nota al pie:

    ¹ BLAKE, R. R.; MOUTON, J. S. La estructuración de una empresa dinámica a través del desarrollo organizacional de tipo Grid. Sao Paulo: Edgard Blücher, 1972.

    Las citas de varios de los mismos documentos de autor y la fecha deben distinguirse añadiendo letras minúsculas alfabéticamente después de la fecha. Estas cartas también deben ser incluidos en las referencias.

    Ejemplo:

    Vygotsky (1998a) Vygotsky (1998b) o

    (VYGOTSKY, 1998a, p 55). (VYGOTSKY, 1998b, 37).

     

    Referencias

    Las referencias deben seguir las normas de la ABNT para este sistema (NBR 6023). Ellos deben ser listadas al final del artículo, sólo alineados al margen izquierdo, identificar si cada documento individualmente en un solo espacio, separados entre sí por dos espacios.

     

    Libros

    VASQUEZ, A. S. Filosofía de la praxis. Río de Janeiro: Continuum, 1997.

    SAVIANI, D. Histórico y pedagogía crítica: primeras aproximaciones. 3. ed. Sao Paulo: Cortez/Autores Asociados, 1992.

     

    Capítulos de libros

    - Capítulo y libro del mismo autor:

    CANDAU, V. M. Educación y cultura(s) todos los días: similitudes y diferencias. En:____. (Eds.). Reinventar la escuela. Petrópolis: Vozes, 2000. p. 61-78.

    - Capítulo y el libro con diferentes autores:

    EVANGELISTA, O. La formación del profesorado universitario: el debate de los años 1920 y experiencia de São Paulo de 1930. En: Moraes, M. C. M. de (ORG). Ilustración a la inversa: la producción de conocimiento y la política de la enseñanza de la información. Río de Janeiro: DP & A, 2003.

    - Autor de la entidad

    ASOCIACIÓN BRASILEÑA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023 - Información y documentación: las referencias: elaboración. Río de Janeiro, 2002. 24p.

    CONSEJO NACIONAL DE EDUCACION. Pleno Municipal. CNE / CP n. 1. Desde el 15 de mayo de 2006. Establecer lineamientos curriculares nacionales para la licenciatura en pedagogía. Disponible en: <http://WWW.mec.gov.br>. Acceso el: 10 de julio 2010.

    - Más de un autor (separados por punto y coma)

    Berge, P., Pomeau, Y; DUBOIS - Gance, M. Ritmos del caos. Sao Paulo: Editora UNESP, 1996.

    - Más de tres autores

    GAUTHIER, C. et al. Para una teoría de la pedagogía: la investigación contemporánea en el conocimiento del maestro. Traducción de Francisco Pereira. Ijuí: Ed UNIJUI, 1998.

    - Las series y colecciones

    MIGLIORI, R. Paradigmas y educación. Londres: Acuario, 1993. 20 p. (Visión del Futuro, v 1.)

    - Libro electrónico

    ROSARIO, A. B.; Kyrillos NETO, F., Moreira, J. De O. (Eds.). Rostros de la violencia contemporánea: clínica y de la sociedad. Barbacena: EdUEMG 2011. Disponible en:

    <http://intranet.uemg.br/comunicacao/arquivos/PubLocal172P20120518123259.pdf>. Acceso: 02 de octubre 2011

     

    Artículo de periódico

    SAVIANI. D. El campo académico de la pedagogía en Brasil: perspectivas históricas. Paideia - Cuadernos de Psicología de la Educación, de Toronto, vol. 14, n. 28, p. 113- 124, mayo/agosto 2004.

     

    Tesis, tesinas y monografías

    ALMEIDA, L. C. Curso de Pedagogía de la Unicamp: Marcas de entrenamiento. 2008. 199 f. Tesis (Maestría en Educación) - Facultad de Educación de la Universidad de Campinas, Campinas, 2008.

     

    Los trabajos presentados en conferencias

    FRANCO, M. A. S. Conocimientos pedagógicos y la práctica docente. En: ENDIPE: la educación, los procesos de formación formal y no formal y conocimiento de la educación, 13. 2006, de Recife. Proceedings... Recife: Editions bagazo, 2006. v.1, p. 27-50.

     

    CONDICIONES PARA LA PRESENTACIÓN

    Como parte del proceso de envío, se requiere que los autores que indiquen que su envío cumpla con respecto a todos los elementos que se enumeran a continuación. Las presentaciones que no cumplan con las normas serán devueltos a los autores.

     

    1. La contribución es original e inédita y no está siendo evaluado para su publicación en otro lugar, de lo contrario deberá justificarse en "comentarios al editor."

    2. El archivo de la presentación en Microsoft Word, OpenOffice o formato RTF.

    3. Se han proporcionado las URL de las referencias cuando sea posible.

    4. El texto tiene interlineado simple, utilizando un tipo de letra de 12 puntos; se usa cursiva en vez de subrayado (exceptuando las direcciones URL); figuras y tablas están dentro del texto, no al final del documento como datos adjuntos.

    5. El texto cumple con los requisitos bibliográficos y de estilo indicados en las Normas de autores, el Acerca de la Revista.

    6. En caso de presentación de una sección con revisión por pares (por ejemplo, artículos), el se siguieron las instrucciones disponibles para garantizar la evaluación anónima.

     

    POLÍTICA DE PRIVACIDAD

    Los nombres y direcciones de correo-e introducidos en esta revista se usarán exclusivamente para los fines declarados por esta revista y no estarán disponibles para otros fines o para terceros.

     

    04. Horario

    EVENTOS

    FECHAS

    Presentación de artículos a SCIAS Arte/Educación

    23 de mayo al 12 de junio, 2020

    Revisión de los artículos por el cuerpo

    Consultores del Consejo Editorial

    13 de junio al 25 de junio, 2020

    Notificación   de las comunicaciones aceptadas y el contacto con los autores

    26 de junio al 27 de junio, 2020

    Composición            tipográfica, revisión editorial y la publicación final del artículo aceptado

    28 de junio al 30 de junio, 2020

     

    05. Los resultados del análisis del Consejo Editorial

    Una lista de los artículos seleccionados se publicará en la página web de la UNIVERSIDAD DE MINAS GERAIS, disponible en la dirección

    http://revista.uemg.br/index.php/SCIAS/announcement

    No habrá ningún tipo de recompensa o remuneración para los autores a que tubieran sus trabajos seleccionados.

     

    06. Aclaraciones e información adicional

    Aclaraciones e información adicional sobre el contenido de esta convocatoria se pueden obtener a través de la scias.arteduc@gmail.com, teléfono 55 (31) 3239-5918 e- mail, en referencia a la SCIAS ARTE/EDUCACIÓN.

     

    07. La anulación o revocación de la Convocatoria Pública

    En cualquier momento, la presente convocatoria pública puede ser revocada o anulada en su totalidad o en parte, a la discreción del COED/FAE/CBH/UEMG, sin incurrir en ningún tipo de indemnización o reclamo de cualquier naturaleza. El COED/ FAE/CBH/UEMG podrá cancelar esta convocatoria publica en caso de que el Consejo editorial no se pronuncie en un plazo de 30 dias a contar de la entrega de las propuestas para analisis.

     

    Belo Horizonte, mayo/2020

     

    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx


    [1] El Centro de Investigaciones sobre la Educación y el Conocimiento - COED - inició operaciones en FAE/CBH/UEMG en 2007. Desde entonces, la investigación ha desarrollado un amplio conocimiento acerca de, perspectiva dialógica y contemporáneo. El COED desarrolla propuestas de diálogos relativos a las concepciones del conocimiento como una entidad cultural investiga este tipo de relaciones con la práctica educativa.

    Saiba mais sobre CONVOCATORIA PÚBLICA 7ª edición
  • Chamada Pública 7ª Edição

    22/05/2020

    CHAMADA PÚBLICA

     

    Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Conhecimento e Educação -COED[1]/Faculdade de Educação/Campus Belo Horizonte/Universidade do Estado de Minas Gerais

     

    Seleção de Artigos Científicos sobre Arte/Educação da 7ª Edição da Revista Científica e Eletrônica SCIAS-Arte/Educação

     

    ISSN: 2318-8537

     

     

     

    O Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Conhecimento e Educação/COED da FaE/CBH/UEMG convida os interessados a apresentarem propostas de artigos para publicação da 7ª Edição da revista científica e eletrônica SCIAS-Arte/Educação, nos termos aqui estabelecidos para seleção pública.

     

     

     

    01. Objeto

     

    Esta chamada tem por objetivo selecionar interessados a apresentarem propostas de artigos que atendam aos requisitos desta chamada para apreciação e posterior publicação na 7ª edição da revista científica e eletrônica SCIAS-Arte/Educação.

     

     

     

    02. Motivação

     

    Num momento em que o campo do sensível amplia seus corpos sociais, diante de colossais cenários tanto de crise como de união planetária, a investigação em arte e em ensino de arte continuam se mostrando fundamentais para a invenção de possibilidades e difusão de conhecimentos. O campo artístico é causa e imagem de uma constante reinvenção de nós mesmos e do mundo.  A revista SCIAS-Arte/Educação propõe mais uma edição como uma iniciativa para que, mesmo diante de tantos isolamentos críticos e pandemias de solidão, criemos alternativas de movimento para que possamos enfrentar situações de destruições simbólicas e construir ações que propiciem indagarmos: a arte que erigimos e a arte que ensinamos hoje refletem até que ponto quem somos?

     

    03. Normas para submissão

     

    DIRETRIZES PARA AUTORES

     

    Linha editorial

     

    A revista SCIAS-Arte/Educação é um periódico científico com o objetivo de publicar artigos na área de Arte/Educação a partir também do diálogo com outros campos do conhecimento. A SCIAS-Arte/Educação é a revista do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Conhecimento e Educação da FaE/CBH/UEMG, publicada com o apoio do Centro de Comunicação da FaE/CBH/UEMG e da Editora EdUEMG.

     

    As propostas para publicação devem ser originais, inéditas no país e devem ser classificadas em artigos abrangentes da literatura sobre temas gerais relacionados à arte e à educação. Cada autor/a só poderá ter um artigo em tramitação, entre o início da submissão e a publicação final. Será observado um intervalo de um ano entre a publicação de textos escritos pelo mesmo autor/a e o início de um novo processo de submissão.

     

    Todos os números são divulgados por meios digitais, estando disponíveis online pelo endereço: http://revista.uemg.br/index.php/SCIAS/issue/archive

     

    Processo de avaliação dos artigos

     

    Os artigos recebidos serão apreciados inicialmente pelo Conselho Editorial e os que estiverem de acordo com as normas da revista SCIAS Arte/Educação serão encaminhados aos membros do Conselho Cientifico, em função da competência no tema/assunto do artigo avaliado, garantindo-se o processo duplo cego. Após o processo de avaliação, os autores são notificados. Os artigos aprovados incondicionalmente são diretamente enviados para publicação.

     

    Caso o texto dependa de modificações, as alterações propostas são enviadas aos autores, que decidem se concordam em empreendê-las, de acordo com as sugestões do conselheiro, no prazo a ser definido pelo editor. As modificações introduzidas no texto deverão ser grifadas para efeito de verificação pelo editor.

     

    Apresentação dos trabalhos

     

    Ao enviar o artigo para a revista, o autor compromete-se a não o encaminhar para outro(s) veículo(s) de publicação pelo prazo de seis meses, a contar da data do envio. As propostas devem ser submetidas via internet, pelo endereço:

     

    http://revista.uemg.br/index.php/SCIAS/index

     

    Aceitam-se artigos em português, inglês, espanhol, francês e alemão. Os artigos devem ser encaminhados em arquivo Word for Windows, versão 6.0 ou superior, com extensão (.doc), em fonte Times New Roman, tamanho 12, em folha de formato A4, com espaçamento 1,5 entre linhas, margens superior, inferior e laterais de 2 cm. Os artigos devem ter a extensão mínima de 12 e máxima de 20 páginas.

     

    O texto não deve conter qualquer identificação do autor e coautores. Esses dados, assim como vínculo institucional, formação e e-mail compõem os metadados, que devem ser preenchidos total e corretamente no momento do cadastro do autor para a continuidade do processo de submissão do artigo.

     

    O resumo deve ter no mínimo 100 e no máximo 150 palavras na mesma língua do trabalho e palavras-chave (no mínimo três e no máximo cinco). Após esse resumo, deve-se incluir também o abstract, acompanhado da tradução do título e das keywords.

     

    As notas de rodapé devem ser usadas somente quando estritamente necessário para algum esclarecimento. O texto deve ser sucinto, corpo 10, alinhado à esquerda com espaçamento simples. Essas notas devem ser apresentadas em algarismos arábicos, com numeração única e consecutiva para todo o artigo.

     

    Ilustrações

     

    As tabelas, quadros e gráficos devem ser inseridas no texto com títulos e legendas em acordo com a ABNT. As figuras devem ter seu lugar indicado no texto e ser enviadas também em anexos separados, em formato de arquivo JPG, cor cinza, 300 dpi. Devem ser nomeadas FIG. 1, FIG. 2, sucessivamente, podendo ainda ter um título sugestivo do seu conteúdo, sempre com a indicação das fontes.

     

     

     

    Citações

     

    As citações no texto devem utilizar o sistema autor-data e seguir as normas da ABNT para esse sistema.

     

    Em citações diretas ou literais, o nome do autor, fora de parênteses, tem apenas a inicial maiúscula e, dentro de parênteses, todas as letras maiúsculas (AUTOR, data, página). Para citações até três linhas, usam-se aspas, sem itálico. Citações com mais de três linhas são recuadas 4 cm da margem esquerda, fonte menor, espaçamento simples, sem aspas e sem itálico.

     

    Em citações indiretas, se o nome do autor estiver inserido no texto, usa-se apenas a inicial maiúscula com a data entre parênteses. Caso o nome do autor venha entre parênteses, todas as letras serão em maiúscula, seguindo-se a data, sem a necessidade de colocar a página.

     

    Ex:

     

    Na perspectiva de Arendt (1997), que a educação assuma seu caráter conservador é fundamental para que o mundo não se torne mortal como os mortais, para que o mundo continue e se renove a cada nova geração.

     

    Que a educação assuma seu caráter conservador é fundamental para que o mundo não se torne mortal como os mortais, para que o mundo continue e se renove a cada nova geração (ARENDT, 1997).

     

    *Esse formato de citação vale também para o caso de depoimentos ou entrevistas.

     

    Em citação de citação, emprega-se a expressão latina apud (junto a) ou o equivalente em português “citado por”, para identificar a fonte secundária que foi efetivamente consultada. A referência da obra citada deve vir em nota de rodapé ou como parte da referência no final do texto.

     

    Ex:

     

    No texto:

     

    Um modelo de liderança bastante estudado e utilizado na década de 1960 foi o Grid Gerencial (BLAKE; MOUTON¹, 1972 apud RONCHI, 2007).

     

    Em nota de rodapé:

     

    ¹ BLAKE, R. R.; MOUTON, J. S. A estruturação de uma empresa dinâmica através do desenvolvimento organizacional do tipo Grid. São Paulo: Edgard Blücher, 1972.

     

    Citações de diversos documentos de um mesmo autor e data devem ser distinguidos pelo acréscimo de letras minúsculas em ordem alfabética após a data. Essas letras devem constar também nas referências.

     

    Ex:

     

    Vygotsky (1998a) Vygotsky (1998b) ou

     

    (VYGOTSKY, 1998a, p. 55) (VYGOTSKY 1998b, p. 37)

     

     

     

    Referências

     

    As referências bibliográficas devem seguir as normas da ABNT para esse sistema (NBR 6023). Elas devem ser listadas no final do artigo, alinhadas somente à margem esquerda, identificando se individualmente cada documento em espaço simples, separados uns dos outros por dois espaços simples.

     

     

     

    Livros

     

    VASQUEZ, A. S. Filosofia da práxis. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.

     

    SAVIANI, D. Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 3. ed. São Paulo: Cortez/Autores Associados, 1992.

     

     

     

    Capítulos de livros

     

    - Capítulo e livro com mesmo autor:

     

    CANDAU, V. M. Cotidiano escolar e cultura(s): encontros e desencontros. In: ____. (Org.). Reinventar a escola. Petrópolis: Vozes, 2000. p. 61-78.

     

    - Capítulo e livro com autores diferentes:

     

    EVANGELISTA, O. A formação universitária do professor: o debate dos anos 1920 e a experiência paulista dos anos 1930. In: MORAES, M. C. M. de (Org.). Iluminismo às avessas: produção de conhecimento e políticas de informação docente. Rio de Janeiro: DP&A, 2003.

     

    - Autor entidade

     

    ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6023 - Informação e documentação: referências: elaboração. Rio de Janeiro, 2002. 24p.

     

    CONSELHO NACIONAL DE EDUCAÇÃO. Conselho Pleno. Resolução CNE/CP n. 1. De 15 de maio de 2006. Institui diretrizes curriculares nacionais para o curso de graduação em pedagogia. Disponível em: <http://WWW.mec.gov.br>. Acesso em: 10 jul. 2010.

     

    - Mais de um autor (separados por ponto-e-vírgula)

     

    BERGÉ, P.; POMEAU, Y.; DUBOIS-GANCE, M. Dos ritmos ao caos. São Paulo: Editora Unesp, 1996.

     

    - Mais de três autores

     

    GAUTHIER, C. et al. Por uma teoria da pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre saber docente. Tradução de Francisco Pereira. Ijuí: Ed Unijuí, 1998.

     

    - Séries e coleções

     

    MIGLIORI, R. Paradigmas e educação. São Paulo: Aquariana, 1993. 20 p. (Visão do futuro, v. 1)

     

    - Livro eletrônico

     

    ROSÁRIO,  A.  B.;  KYRILLOS  NETO,  F.;  MOREIRA,  J.  DE  O.  (Orgs.).  Faces   da violência na contemporaneidade: sociedade e clínica. Barbacena: EdUEMG, 2011. Disponível em:

     

    <http://intranet.uemg.br/comunicacao/arquivos/PubLocal172P20120518123259.pdf>. Acesso em: 2 out. 2011

     

     

     

    Artigo de periódicos

     

    SAVIANI. D. O espaço acadêmico da pedagogia no Brasil: perspectivas históricas. Paideia - Cadernos de Psicologia em Educação, São Paulo, v. 14, n. 28, p. 113-124, maio/ago. 2004.

     

     

     

    Teses, dissertações e monografias

     

    ALMEIDA, L. C. Curso de pedagogia na Unicamp: marcas de formação. 2008. 199 f. Dissertação (mestrado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2008.

     

    Trabalhos apresentados em congresso

     

    FRANCO, M. A. S. Saberes pedagógicos e prática docente. In: ENDIPE: EDUCAÇÃO FORMAL E NÃO FORMAL, PROCESSOS FORMATIVOS E SABERES PEDAGÓGICOS, 13., 2006, Recife. Anais... Recife: Edições Bagaço, 2006. v. 1, p. 27-50.

     

     

     

    CONDIÇÕES PARA SUBMISSÃO

     

    Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.

     

    1. A contribuição é original e inédita e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".

     

    2. O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.

     

    3. URLs para as referências foram informadas quando possível.

     

    4. O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.

     

    5. O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.

     

    6. Em caso de submissão a uma seção com avaliação pelos pares (ex.: artigos), as instruções disponíveis em Assegurando a avaliação pelos pares cega foram seguidas.

     

     

     

     

     

     

     

    POLÍTICA DE PRIVACIDADE

     

    Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

     

     

     

    04. Cronograma

     

    EVENTOS

     

    DATAS

     

    Envio  de artigos para SCIAS Arte/Educação

     

    23 de maio a 12 de junho de 2020

     

    Avaliação dos Artigos pelo corpo de pareceristas

     

    13 de junho a 25 de junho de 2020

     

    Notificação dos trabalhos aceitos e contato com os autores

     

    26 e 27 de junho de 2020

     

    Diagramação, revisão editorial e publicação final do artigo aceito

     

    28 de novembro a 30 de junho de 2020

     

     

     

     

     

    05. Resultado da análise do Conselho Editorial

     

    A relação dos artigos selecionados será divulgada na página eletrônica da UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MINAS GERAIS, disponível na Internet no endereço http://revista.uemg.br/index.php/SCIAS/announcement Não haverá qualquer tipo de prêmio ou remuneração para os autores que tiverem seus trabalhos selecionados.

     

     

     

    06. Esclarecimentos e informações adicionais

     

    Os esclarecimentos e informações adicionais acerca do conteúdo desta Chamada poderão ser obtidos por intermédio do endereço eletrônico scias.arteduc@gmail.com, telefone 55(31) 3239-5918, referenciando-se à revista SCIAS-Arte/Educação.

     

     

     

    07. Da anulação ou revogação da Chamada Pública

     

    A qualquer tempo, a presente Chamada Pública poderá ser revogada ou anulada, no todo ou em parte, a critério do COED/FaE/CBH/UEMG, sem que isso implique direito a indenização ou reclamação de qualquer natureza. O COED/FaE/CBH/UEMG poderá cancelar a presente chamada pública caso o Conselho Editorial não se pronuncie no prazo de 30 dias a contar da entrega das propostas para análise.

     

     

     

    Belo Horizonte, maio/2020

     

     

    [1] O Núcleo de Pesquisa sobre Conhecimento e Educação – COED - iniciou suas atividades na FaE/CBH/UEMG no ano de 2007. Desde então vem desenvolvendo investigações sobre o Conhecimento numa perspectiva abrangente, dialogal e contemporânea. O COED desenvolve propostas de interlocuções referentes a concepções sobre o Conhecimento como instância cultural e investiga tais relações com a prática educacional.

    xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx

    Saiba mais sobre Chamada Pública 7ª Edição
  • Palavra

    27/04/2020

    Palavra

    Ventos críticos!

    O que fazer com a crise? A crise está instalada. O que se faz com a crise?

    “é o mal estar da crise que desencadeia o trabalho do pensamento – processos de criação” (Rolnik. 2006)

    É possível dar às forças de criação o lugar privilegiado de se expressar? Liberdade de expressão? Uma questão que está posta, contudo, a “lógica midiática e o princípio mercadológico” já vem cafetinando esta força. A crise é oportuna para se questionar que, reduzida aos lugares comuns, esta força têm o triste destino de ser cafetinada ou aplacada por seus substitutos – remédios, consumo, individualismo?

    Rolnik, em seu artigo “Geopolítica da Cafetinagem” oferece uma “degustação” de seu amplo trabalho sobre processos de subjetivação e micropolítica, que se liga a arte – divertidamente – pela necessidade de criação de mundos, de subjetividades flexíveis.

    Sim, estamos todos vulneráveis aos perigos do mundo. Sempre estivemos fugindo da vulnerabilidade. Já faz algum tempo que convivemos com a naturalização da insensibilidade. Se estamos absurdados pelos brasileiros que praticam buzinaço na porta de hospitais, faz quanto tempo que acostumamos a não mais nos indignarmos com a situação de um mendigo na calçada pedindo esmola.

    É preciso se vulnerabilizar para ver com o outro olho, aquele que não vê somente o que está posto. O que é familiar está posto pela percepção, e somos levados a distanciarmos das sensações que tal ato desperta (qualquer um que se permitir sentir o quão bizarro é fazer um buzinaço na porta de um hospital!!!). Existe uma identidade de grupo que traz certa rigidez, vulnerabilizar-se é sair da identidade e viver a subjetividade flexível, arriscar-se à crise. 

    Existe muita complexidade nisso tudo, apelo midiático, narrativas simplificadoras, entretenimento! As sensações entregues as manipulações de toda ordem. O saber do corpo, aturdido, espancado, sofre do trauma de não saber-se vivo. Como tirar o analgésico? A crise é dolorosa, a cultura de massa diz pra tirar a dor! Uma cultura que diz que você não dá conta da crise e disponibiliza esse e aquele remédio. O tempo inteiro as sensações do nosso corpo estão sendo conduzidas para um tipo de versão da realidade e é essa versão (macropolítica) que atende aos interesses de um capitalismo financeiro que promove a nós a adequação a sermos massa de manobra, a aceitarmos determinado padrão de beleza, que a música boa é essa, que é isso que é legal consumir...

    E assim, essa questão da subjetividade flexível é urgente! Ela nos livra dos maniqueísmos.

    O artigo GEOPOLÍTICA DA CAFETINAGEM, de Suely Rolnik está disponível em:

    http://www4.pucsp.br/nucleodesubjetividade/Textos/SUELY/Geopolitica.pdf

    Saiba mais sobre Palavra
  • Pensamento

    21/04/2020

    A Revista Scias Arte/Educação se posiciona contra qualquer ataque à democracia no Brasil e contra qualquer apologia que busque amenizar os efeitos nocivos de qualquer forma de Ditadura em qualquer parte do planeta.
    David Held, ao analisar as diversas formas de democracia, afirma o fato curioso de que muitos se afirmam democratas, não importando suas visões de centro, direita ou esquerda. Regimes diferentes com ações diferentes entre si se consideram e se autodenominam como “democratas”. O que há por detrás de tais afirmações? Muitas vezes; muitas coisas. As histórias da humanidade nos mostram que a liberdade, enquanto conceito, ideia, ideal sempre teve seus mais discrepantes defensores. Muitos desses “defensores” usaram tal termo como desculpa e motivação para avançar suas vanguardas de artilharia. Amiúde impuseram poder e dominação. Nem sempre quem se diz “defensor da liberdade”, mostra-se como tal em suas práticas. Por isso, na introdução da obra “Os Erros da Liberdade”, Pierre Grimal adverte: “A liberdade, habitualmente conhecida como uma fonte de espontaneidade e de vida ou como a própria manifestação da vida, revela-se à experiência como inseparável da morte”. Sempre é necessário, portanto, buscar nas palavras: contextos, ações e sobretudo intenções.
    Equipe Editorial Scias Arte/Educação

    (As opiniões manifestadas nesta página são de exclusiva responsabilidade da Equipe Editorial da Revista SCIAS ARTE/EDUCAÇÃO).

     

         Saiba mais sobre Pensamento
  • NOTAS DE ESCLARECIMENTO SCIAS ARTE EDUCAÇÃO

    22/03/2019

    ês notas à guisa de esclarecimento aos leitores e colaboradores da revista SCIAS Arte Educação:

    Nota de esclarecimento I:

    Nota de esclarecimento II:

    “Fulva e roliça, esplêndida e garrida, 

    ei-la que canta, a minha cotovia.

    Ouvi-la, faz pasmar!”*


    Nota de esclarecimento III:

    É com imensa satisfação que a SCIAS Arte/Educação retoma seus esforços para ampliar o campo de conhecimento do Ensino de Arte e da Arte/Educação. Por motivos alheios a nossa vontade, uma vez que a UEMG passou, recentemente, por meses de concurso que renovou significativa parte de seu corpo docente, vimo-nos compelidos a realizar inevitável pausa. Agradecemos imensamente, portanto, nossos leitores e colaboradores e esperamos que esta retomada dos trabalhos possa tornar evidente nosso maior desejo: ajudar a consolidar espaços de trocas de informações acerca da Arte e seu ensino.

    ¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬¬

    _____________________________________________________________________________

    * Uma jocosa canção extraída da obra de Dostoievski: não poderia ser outra senão “recordações da casa dos mortos” (p. 128, 1949). 


    Carta aos autores que já escreveram 

    É com imensa satisfação que a SCIAS Arte/Educação retoma seus esforços para ampliar o campo de conhecimento do Ensino de Arte e da Arte/Educação. Por motivos alheios a nossa vontade, uma vez que a UEMG passou, recentemente, por meses de concurso que renovou significativa parte de seu corpo docente, vimo-nos compelidos a realizar inevitável pausa. 

    Agradecemos imensamente o envio dos trabalhos que estão atualmente disponíveis para este periódico publicar. Solicitamos que nos informem até o dia 22 de março se desejam que seus trabalhos continuem em revisão para publicação neste primeiro semestre de 2019.

     

    Notes of Clarification SCIAS Art Education 

    Three notes of clarification to the readers and collaborators of the SCIAS Art Education magazine:


    Note of Clarification I:

    See picture above


    Note of Clarification II:

    “Red and plump, splendid and exuberant,

    There she sings, my lark.

    To hear her, amazes you! “*


    Note of Clarification III:

    It is with great satisfaction that SCIAS Art/Education resumes its efforts to expand the field of knowledge in Teaching of Art and Art/Education. For reasons beyond our control, since UEMG recently went through a selection process that renewed a significant part of its faculty, we were compelled to have an inevitable break.

    Therefore, we greatly thank our readers and collaborators, and we hope that resuming this work can make evident our greatest desire, which is to help consolidate spaces for partaking in information of art and its teaching.

    *A playful song from Dostoyevsky’s work: it could be none other than The House of the Dead, p.128, 1949.

     

     

     

     

    Saiba mais sobre NOTAS DE ESCLARECIMENTO SCIAS ARTE EDUCAÇÃO
  • O Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Conhecimento e Educação - COED/Faculdade de Educação/Campus Belo Horizonte divulga alterações nos prazos originais para publicação na revista eletrônica SCIAS Arte/Educação.

    31/08/2015
    O Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Conhecimento e Educação - COED/Faculdade de Educação/Campus Belo Horizonte divulga alterações nos prazos originais para publicação na revista eletrônica SCIAS Arte/Educação.

    Saiba mais sobre O Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Conhecimento e Educação - COED/Faculdade de Educação/Campus Belo Horizonte divulga alterações nos prazos originais para publicação na revista eletrônica SCIAS Arte/Educação.
  • WEB Seminário em Educação - dias 24, 25 e 26 de junho 2015

    25/05/2015

    A Faculdade de Educação da Universidade do Estado de Minas Gerais (FaE/UEMG) por meio de seus núcleos de pesquisa: Conhecimento em Educação (COED), Núcleo de Estudos sobre Educação, Comunicação e Tecnologia,(NECT), o Centro de Ensino (FaE/UEMG), além do Centro de Pesquisa em Educação a Distância  (CEPEAD), o Curso de Pedagogia a Distância e o Programa da Universidade Aberta do Brasil (UAB) promovem o 1º Web Seminário Internacional em Educação: Aprendizagem Ubíqua, Conectivismo e Ensino Online.

    * Os trabalhos serão publicados nesta revista eletrônica, bem como em outras da academia.

    contato: seminario.educacao@uemg.br

    Saiba mais sobre WEB Seminário em Educação - dias 24, 25 e 26 de junho 2015
  • Prorrogado prazo para submissão de artigos SCIAS ARTE/EDUCAÇÃO BRASIL - Vol 4

    11/05/2015

    CHAMADA PÚBLICA

    Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Conhecimento e Educação - COED[1]/Faculdade de Educação/Campus Belo Horizonte/Universidade do Estado de Minas Gerais

    Seleção de Artigos Científicos sobre Arte/Educação da 4ª Edição da Revista Científica e Eletrônica SCIAS Arte/Educação

    ISSN: 2318-8537

     

    Revista SCIAS Arte/Educação prorroga prazo para submissão de artigos para sua 4ª Edição até dia 30 DE MAIO DE 2015


    [1] O Núcleo de Pesquisa sobre Conhecimento e Educação – COED - iniciou suas atividades na FaE/CBH/UEMG no ano de 2007. Desde então vem desenvolvendo investigações sobre o Conhecimento numa perspectiva abrangente, dialogal e contemporânea. O COED desenvolve propostas de interlocuções referentes a concepções sobre o Conhecimento como instância cultural e investiga tais relações com a prática educacional.

    Saiba mais sobre Prorrogado prazo para submissão de artigos SCIAS ARTE/EDUCAÇÃO BRASIL - Vol 4
  • Chamda Pública Submissão Artigos SCIAS Arte/Educação - 4ª Edição

    16/03/2015

    O Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Conhecimento e Educação – COED da FAE/CBH/UEMG torna público a chamada para a seleção de artigos científicos para integrar a quarta edição da revista eletrônica e científica SCIAS Arte/Educação.

     

    As propostas devem ser originais e inéditas e devem ser enviadas, segundo as especificações editoriais do periódico explícitas na chamada pública, entre os dias 23 de março a 10 de maio do corrente ano. A notificação de aprovação do artigo será feita de 11 de junho a 10 de julho do corrente ano. A publicação do artigo aprovado poderá ocorrer até o dia 30 de agosto de 2015.

     

    Para informações adicionais sobre os procedimentos de seleção, entre com contato pelo e-mailrevistascias@uemg.br e pelo telefone (31) 3239-5918, referenciando-se à REVISTA SCIAS ARTE/EDUCAÇÃO. Abaixo Chamada Pública.

     

    A publicação é uma iniciativa do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre o Conhecimento e Educação (COED) da Faculdade de Educação da UEMG em Belo Horizonte.

    Saiba mais sobre Chamda Pública Submissão Artigos SCIAS Arte/Educação - 4ª Edição
  • SCIAS Arte Educação 3ª Edição vol. III

    25/11/2014

    É com muita satisfação que apresentamos a terceira edição da Revista SCIAS Arte/Educação.

    Uma publicação eletrônica e científica, semestral, do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Conhecimento e Educação, da Faculdade de Educação, do Campus Belo Horizonte, da Universidade do Estado de Minas Gerais.

    Esperamos poder contribuir sempre com a leitura de qualidade no Brasil e no mundo.

    Saiba mais sobre SCIAS Arte Educação 3ª Edição vol. III
  • Alteradas datas para publicação de artigos científicos na Revista SCIAS Arte/Educação

    30/10/2014
    O Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Conhecimento e Educação - COED/Faculdade de Educação/Campus Belo Horizonte divulgou alterações nos prazos originais para publicação na revista eletrônica SCIAS Arte/Educação.

    Encontram-se em vigência o período de notificação dos trabalhos aceitos aos autores, encerrando-se em 15 de novembro. A diagramação, revisão editorial e publicação final do artigo aceito ocorrerão  de 16 de novembro a 30 de novembro de 2014. Saiba mais sobre Alteradas datas para publicação de artigos científicos na Revista SCIAS Arte/Educação
  • Revista SCIAS Arte/Educação prorroga prazo para submissão de artigos para sua 3ª Edição até dia 24 de setembro de 2014

    11/09/2014

    O Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Conhecimento e Educação –COED da FaE/BHH/UEMG comunica a prorrogação do prazo para submissão de artigos científicos para a Revista SCIAS Arte/Educação – volume 3, que ocorrerá até o dia 24 do corrente mês.

    Maiores informações acesse:

    http://www.uemg.br/openjournal/index.php/SCIAS/announcement

    http://www.uemg.br/eventos.php?id=5716

    http://www.uemg.br/noticia_detalhe.php?id=5665

    Saiba mais sobre Revista SCIAS Arte/Educação prorroga prazo para submissão de artigos para sua 3ª Edição até dia 24 de setembro de 2014
  • Chamada Pública para submissão de artigos SCIAS Arte/Educação 3ª Edição

    16/07/2014

    O Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Conhecimento e Educação – COED da FAE/CBH/UEMG torna público a chamada para a seleção de artigos acadêmicos para integrar a terceira edição da revista eletrônica e científica SCIAS Arte/Educação.

     

    As propostas devem ser originais e inéditas e devem ser enviadas, segundo as especificações editoriais do periódico explícitas na chamada pública, entre os dias 21º de julho e 24 de setembro do corrente ano. A notificação de aprovação do artigo será feita de 01 a 21 de outubro de 2014. A publicação do artigo aprovado poderá ocorrer até o dia 31 de outubro de 2014.

     

    Para informações adicionais sobre os procedimentos de seleção, entre com contato pelo e-mail revistascias@uemg.br e pelo telefone (31) 3239-5918, referenciando-se à REVISTA SCIAS ARTE/EDUCAÇÃO. Abaixo Chamada Pública.

     

    A publicação é uma iniciativa do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre o Conhecimento e Educação (COED) da Faculdade de Educação da UEMG em Belo Horizonte.

     

    Saiba mais sobre Chamada Pública para submissão de artigos SCIAS Arte/Educação 3ª Edição
  • Revista SCIAS Direitos Humanos e Educação divulga chamada pública para Curso de Extensão de Educação em Direitos Humanos

    11/06/2014

    CHAMADA PÚBLICA

    Curso de extensão de educação em direitos humanos

    JUNHO/2014

    Curso de Extensão de educação em direitos humanos – Turma II

     

    Chamada Pública para seleção de estudantes e profissionais da área de direitos humanos que queiram participar do Curso de Extensão de Educação em Direitos Humanos – Turma II.

    Tal projeto prevê, além da realização de disciplinas temáticas, ações e intervenções educacionais.

    Saiba mais sobre Revista SCIAS Direitos Humanos e Educação divulga chamada pública para Curso de Extensão de Educação em Direitos Humanos
  • Revista SCIAS Arte/Educação apoia a X Conferência Internacional EUTIC 2014 - Universidade NOVA de Lisboa

    22/05/2014

    A revista SCIAS Arte/Educação apoia a X Conferência Internacional EUTIC 2014.

    As universidades participantes na rede européia EUTIC têm o prazer de anunciar a sua décima conferência a realizar na Universidade Nova de Lisboa, nos dias 22, 23 e 24 de Outubro 2014.

    O evento terá como foco analisar e discutir temas em torno do tema central: O papel das TIC no desenho dos processos informacionais e cognitivos.

    Os melhores trabalhos serão publicados na Revista SCIAS Arte/Educação em forma de um dossiê.

    Saiba mais sobre Revista SCIAS Arte/Educação apoia a X Conferência Internacional EUTIC 2014 - Universidade NOVA de Lisboa
  • Luto

    12/05/2014
    A revista SCIAS Arte/Educação, do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Conhecimento e Educação - COED da FaE/CBH/UEMG, se solidariza com os familiares do Professor Márcio Caio Moreira.
    Saiba mais sobre Luto